Prefeitura realiza a 2ª edição do ‘Manaus+Agro’ e entrega 15 toneladas de ração para aves e peixes

Os produtores rurais do Polo 3, da agricultura familiar da capital amazonense, foram beneficiados, na manhã desta sexta-feira, 29/4, com ações da 2ª edição do programa “Manaus+Agro”, realizada no quilômetro 44 da rodovia AM-010 (Manaus-Itacoatiara).


Mais de 15 toneladas de ração foram entregues, além de sementes, mudas, alevinos e orientação técnica. A ação, de iniciativa da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc), teve a parceria do governo do Amazonas.

Produtores previamente cadastrados foram beneficiados. Cem piscicultores e avicultores receberam ração para peixes e aves, mas, ao todo, aproximadamente 2.000 pessoas, moradoras de 18 comunidades rurais do Polo 3 e entorno, vão ser beneficiadas direta e indiretamente.

“O mais importante é que estamos aqui, desprovidos de qualquer vaidade e com a união entre a Prefeitura de Manaus e o governo do Amazonas, estamos trazendo ações como essa, que são um marco nas duas administrações. Estamos trazendo ração, sementes, mudas, alevinos, e assistência técnica. Vamos entrar com a recuperação de ramais e vicinais. O desafio é grande, mas esse primeiro momento que estamos vivendo aqui é muito importante para o desenvolvimento que queremos trazer. Na administração do prefeito David Almeida, todos os polos da Agricultura Familiar terão atenção especial”, destacou o secretário da Semacc, Wanderson Costa.

Ações do programa “Peixe no Prato Solidário” foram realizadas por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) e Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS). O sistema Sepror também entregou alevinos, fez a doação de kits de sementes, entregou carteirinhas de produtor rural e Declarações de Aptidão ao Pronaf (DAP). De acordo com o secretário da Sepror, Petrúcio Magalhães, investir no setor primário significa fomentar uma nova matriz econômica para o Amazonas, e a parceria firmada entre as duas administrações é muito importante para a zona rural.

“Governo e prefeitura se uniram para beneficiar a zona rural de Manaus e não estamos aqui fazendo promessas, estamos fazendo entregas. São 55 mil alevinos; kits de sementes de feijão, milho, hortaliças, açaí, maracujá, limão; 15 toneladas de ração; mudas de citros, uma tonelada de tambaqui; a gente tem muitas entregas a fazer, mas temos consciência de que ninguém faz nada sozinho, que só com parceria, união e respeito é que a gente vai melhorar a vida das pessoas”, enfatizou o secretário da Sepror, Petrúcio Magalhães.

A entrega da ração atende ao Plano de Governo do prefeito David Almeida e é fruto de emendas parlamentares dos vereadores Joelson Silva, Marcelo Serafim, Samuel Costa e dos ex-vereadores Amauri Colares, Elias Emanuel, Fred Mota e Mauro Teixeira. Os produtores presentes também foram cadastrados e receberam orientação técnica, por meio do Termo de Cooperação Técnica assinado na 1ª edição do programa “Manaus+Agro”.

Para o produtor Cosme Balieiro Filho, criador de peixes e aves no ramal São Francisco, quilômetro 42 da rodovia AM-010, as doações são uma ajuda muito grande para os produtores, principalmente no momento em que o preço da ração está muito alto.

“Por conta da crise, o pequeno produtor praticamente faliu e essa ajuda é de suma importância para nós. Agradeço ao prefeito David Almeida e ao governador Wilson Lima, porque a gente precisa realmente dessas políticas públicas voltadas para o setor primário, muito obrigado pela parceria e pelo apoio que eles estão dando à zona rural de Manaus”, concluiu o produtor.

Durante o evento, o secretário da Semacc, Wanderson Costa, também mencionou sobre a recuperação dos ramais, que vai ser realizada pela Prefeitura de Manaus e governo do Estado e a implantação do Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Premen), que vai permitir mais geração de renda ao setor primário de Manaus.

“O programa de regionalização da merenda escolar precisa ser descentralizado e vocês, da agricultura familiar, que fazem realmente o trabalho acontecer, merecem essa atenção especial. O Premen será real em nossa administração, juntamente com a Semed, estamos trabalhando para que, em breve, o produtor familiar forneça alimentação para as escolas do município”, finalizou o secretário.

Fotos - Beatriz Silva/Semacc

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem