Semana Santa: Arsepam deflagra Operação Viagem Segura nos transportes intermunicipais do Amazonas

Vinte mil pessoas devem deixar a capital, por meio dos transportes regulados pela Arsepam, até o dia 17 de abril




A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (Arsepam) deflagrou, na manhã desta quinta-feira (14/04), a Operação Viagem Segura – Semana Santa, nas principais saídas de Manaus. A iniciativa direcionada aos serviços de transporte rodoviário e hidroviário intermunicipal segue até o dia 17 de abril, feriado de Páscoa.

Ao todo, 20 mil pessoas devem utilizar os modais regulados pela Arsepam para acessar outros municípios do estado. Os setores técnicos do órgão estimam que 1.180 fiscalizações (total) ocorrerão no período.

O diretor-presidente da Agência Reguladora, João Rufino Júnior, destacou que as operações nos feriados prolongados fazem parte da rotina do Amazonas, visando sempre garantir maior segurança. Para ele, também é uma oportunidade da população conhecer os trabalhos desenvolvidos por esse “braço” da estrutura do Governo do Estado.

Rufino Júnior informou, ainda, que uma campanha de conscientização será realizada dentro da programação, sobre os direitos assegurados aos idosos no transporte rodoviário intermunicipal.

A ação no município de Iranduba (distante 27 quilômetros de Manaus) vai contar com apoio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), por meio da Secretaria Executiva Adjunta de Direitos da Pessoa Idosa (Seadpi), da Prefeitura de Iranduba e do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte de Iranduba (IMTTI).

Rodoviário – A Arsepam avalia que 900 veículos do sistema regular (viagens entre terminais rodoviários), semiurbano (Manaus-Iranduba-Iranduba-Manaus), fretamento eventual e contínuo passem pelos postos fixos de fiscalização da autarquia. Ao todo, 8 mil passageiros devem optar pelo serviço de transporte rodoviário intermunicipal no período.

Na Operação Viagem Segura – Semana Santa de 2021, o número de usuários que utilizaram esse modal chegou a 2.196. Na época, medidas de restrição, para combater o novo coronavírus, causador da Covid-19, ainda estavam em vigor, limitando a quantidade de pessoas dentro dos veículos.

Hidroviário – No cálculo da autarquia, nos quatro dias de operação, 12 mil devem utilizar o serviço de transporte hidroviário intermunicipal para ir a outras localidades do Amazonas. A expectativa é que 280 embarcações sejam fiscalizadas até o último dia da ação.

Comparado ao mesmo período do ano passado, com as medidas de restrição por conta da pandemia, é possível que o fluxo de passageiros nesse modal seja 323,13% superior. Em 2021, na época em questão, 2.836 usuários viajaram por meio do sistema hidroviário intermunicipal.

Postos – As fiscalizações voltadas ao serviço de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros ocorrem no Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim – Rodoviária de Manaus, bairro Flores, zona centro-sul; Ponte Jornalista Phelippe Daou (Ponte Rio Negro), em Iranduba; Barreira de Fiscalização Estadual (AM-010 e BR-174), bairro Santa Etelvina, zona norte; e Barreira da Avenida das Flores, bairro Lago Azul (entrada do Viver Melhor 1), zona norte.

No transporte hidroviário intermunicipal de passageiros, as abordagens acontecem no Porto de Manaus e nas balsas da Manaus Moderna, no Centro; e no Porto da Ceasa, Distrito Industrial, zona sul.

A Operação Viagem Segura – Semana Santa conta com apoio do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) e da Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias (SNPH).


FOTOS: Arsepam/Divulgação

 

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem