Semsa finaliza trabalho de campo para o Diagnóstico de Infestação do Aedes aegypti

 Manaus – A Prefeitura de Manaus encerrou o trabalho de campo para a execução do 1º Diagnóstico de Infestação do Aedes aegypti do ano de 2022, nesta quarta-feira, 20/4.


 O trabalho, iniciado no último dia 4, foi executado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio de agentes comunitários de saúde e agentes de controle de endemias, com a meta de vistoriar, no mínimo, 25.706 imóveis, selecionados por amostragem, nos 63 bairros de Manaus, nas zonas Norte, Sul, Leste e Oeste.

O secretário municipal de Saúde, Djalma Coelho, explica que com o encerramento do trabalho de campo, será iniciada a consolidação dos dados levantados pelos agentes e que os resultados obtidos irão apontar o índice de infestação do Aedes aegypti no município de Manaus.

“O resultado do índice de infestação será agregado a outros indicadores, como o número de casos de dengue, zika e chikungunya. Com isso, será possível identificar o nível de risco em Manaus para a ocorrência das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, que podem ser de baixo, médio ou alto risco. E como o resultado do diagnóstico também aponta o nível de risco em cada bairro e zona urbana de Manaus, a Semsa poderá estabelecer medidas mais pontuais e eficientes para o controle do mosquito”, informa Djalma Coelho.

Na execução do diagnóstico, realizado duas vezes ao ano, os agentes de saúde realizam o trabalho de identificação, eliminação ou tratamento de criadouros do Aedes aegypti, verificando os tipos de depósitos que podem acumular água e favorecer a proliferação do mosquito, além de orientação aos moradores sobre formas de prevenção e esclarecendo sobre os sintomas das doenças.


Fonte: Portal CM7 

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem