Webconferência discute estratégias para busca ativa de casos de hanseníase em Manaus

As estratégias para o diagnóstico de novos casos de hanseníase em Manaus serão discutidas durante o “Diálogos da APS”, evento que será promovido pela Prefeitura de Manaus nesta quarta-feira, 6/4.


A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) vai transmitir a webconferência pelo canal do Youtube da secretaria, a partir das 14h, com acesso pelo link https://www.youtube.com/c/SemsaManausSaude/.

A conferência virtual, que é direcionada a servidores Saúde, acontece todas as quartas-feiras, com o objetivo de capacitar as equipes sobre temas relacionados à Atenção Básica. Nesta edição, o tema será “Estratégia de aplicação do QSH-MS para busca ativa de casos de hanseníase”.

Os palestrantes serão a chefe do Núcleo de Controle da Hanseníase, Ingrid Santos, as enfermeiras Eunice Jacome e Sonaira Castro, e a dermatologista Rosa Batista.

Durante a conferência virtual, os profissionais irão explicar como é feita a aplicação de Questionário de Suspeição de Hanseníase (QSH), estratégia essencial no diagnóstico precoce e acompanhamento multidisciplinar durante o tratamento ofertado na Atenção Básica.

De acordo com Ingrid Santos, desde janeiro deste ano, a Prefeitura de Manaus tem intensificado a busca ativa para detecção de novos casos da doença, de acordo com as diretrizes do Ministério da Saúde, para avaliar o máximo possível os contatos registrados no Sinan-Net.

“O objetivo dessa busca ativa é investigar as áreas com maior incidência de casos de hanseníase em Manaus. As próximas ações de campo estão previstas para os meses de abril e maio deste ano, pelos ACSs (Agentes Comunitários de Saúde) com aplicação do QSH nos domicílios selecionados”, explicou.

Como é feito o atendimento

Durante a busca ativa, os profissionais da Semsa indagam os usuários sobre sinais e sintomas apresentados na pele e nos nervos. A partir das respostas, o agente agenda o atendimento, se necessário, para avaliação na unidade de saúde de sua área.

Os casos suspeitos são submetidos aos exames dermatoneurológicos, testes de sensibilidade e agendamento clínico prioritário, já as demais dermatoses são atendidas posteriormente.

Para o atendimento especializado, o Ministério da Saúde enviará à Prefeitura de Manaus os kits de testes rápidos em hanseníase, que será realizado durante os atendimentos dos contatos, sendo coordenado pelo Núcleo de Controle da Hanseníase.

Além dessa estratégia, as unidades de saúde ofertam diariamente ações educativas e o exame dermatológico aos usuários em geral para o diagnóstico precoce.

Foto - Camila Batista / Semsa

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem