ZONA FRANCA DE MANAUS: “Essa inaceitável omissão desse governador está destruindo nossa economia”, dispara Amazonino Mendes ao falar de Wilson Lima

Temendo os impactos devastadores na economia de Manaus, o ex-governador Amazonino Mendes (Cidadania), usou sua conta oficial no Twitter para alertar o que ele chamou de “mais um golpe contra a nossa Zona Franca de Manaus”.


Ainda segundo o ex-governador por quatro mandatos, “são milhares de famílias atingidas diretamente. Sem falar dos impactos sociais e econômicos. Um desastre em cascata. Atinge os empregos, as famílias, sua renda, a arrecadação de impostos. Atinge todos os amazonenses! ”, alertou.

Vale destacar que os novos decretos foram publicados no Diário Oficial da União na noite da última quinta-feira (28) e na manhã desta sexta-feira (29).

A justificativa do governo federal, é que essas ações visam contribuir na recuperação da economia do Brasil, porém ameaça a competitividade do Polo Industrial da capital Manauara.

Já o decreto que zerou o IPI de insumos utilizados na produção de refrigerantes, como extratos e aromatizantes, foi publicado ainda na noite de quinta-feira (28).

Indignado com essa situação, o postulante a cobiçada cadeira do Palácio do Rio Negro subiu o tom para criticar o atual mandatário do Amazonas, Wilson Lima.

“Esse comportamento covarde, de lesa pátria, essa inaceitável omissão desse governador está destruindo nossa economia, o nosso estado. Chega! Os interesses do Amazonas devem estar acima de tudo”, bradou Amazonino Mendes.

Enquanto isso, o encontro do governador Wilson Lima (União Brasil) com o presidente Jair Bolsonaro (PL), realizado na última quarta-feira (27), pelo visto, não surtiu efeito, pois o governo federal ampliou a redução do IPI.

Em sua página oficial no Twitter o chefe do executivo estadual informou que vai ingressar com mais uma ação no STF. “Vamos entrar com uma outra ação no STF contra o novo decreto do Governo Federal, que atinge diretamente o polo de concentrados no AM. É inaceitável a insensibilidade do Ministério da Economia com o povo do Amazonas. Vamos fazer de tudo para defender os empregos gerados aqui”.


Na última sexta-feira (22), o governo do Amazonas já havia ingressado com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) no STF, contra o decreto de Bolsonaro, que reduziu em até 25% o IPI.

Nas redes sociais circula um vídeo editado da entrevista de Wilson Lima concedido a BandNews Difusora 93,7 FM onde ele foi sabatinado pela jornalista Rosiene Carvalho e o âncora Rafael Campos. No vídeo mostra um corte no exato momento que a ligação cai e dá a impressão que o governador foge da pergunta. No YouTube é possível verificar que após algumas tentativas, a ligação foi restabelecida e a entrevista continuou.



Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem