Comissão reforça a importância do ‘Prêmio: Imprensa Econômica 2022’ para os profissionais do jornalismo no AM

Estão abertas, desde o mês de abril passado, as inscrições para o ‘Prêmio: Imprensa Econômica 2022’, que vai homenagear profissionais e publicações do jornalismo especializados na cobertura desta importante editoria do jornalismo amazonense. 


O prêmio está sendo promovido pelo Conselho Regional de Economia do Amazonas (Corecon-AM), em parceria com a Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Amazonas (SJPAM) e Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj).

De acordo com a jornalista Liege Alburquerque, que faz parte da comissão julgada, o prêmio é um reconhecimento do trabalho do jornalista e um estímulo aos novos jornalistas. 

“É um momento em que o profissional pode caprichar no seu trabalho e dar o seu melhor. E um prêmio sempre é importante, não só quando você ganha, mas quando você é um dos finalistas também”, disse.

O presidente do SJPAM, Wilson Reis, também membro da comissão julgadora, explica que o prêmio vai escolher as melhores produções dos veículos que fazem cobertura no Estado do Amazonas, cujo objetivo é reconhecer o trabalho exercido por profissionais da comunicação. 

"O prêmio do Conselho Regional de Economia representa o espaço para projeção e divulgação dos trabalhos jornalísticos e de seus autores, os profissionais jornalistas. Além, é claro, do conteúdo abordado contribuir para mostrar a importância do tema economia para toda a sociedade”, afirmou.

Regulamento

Conforme regulamento, o autor do trabalho desenvolvido e divulgado em algumas das seguintes categorias irá receber dos organizadores do concurso uma placa – reconhecida pela comissão julgadora, como premiação pelo trabalho exercido.

As inscrições podem ser feitas de forma gratuita até o dia 30 de julho de 2022, às 18h, horário de Manaus - Amazonas, pelo e-mail: comunicacao@corecon13am.org.br, juntamente com o envio do material que será indicado ao prêmio. O regulamento do prêmio foi divulgado no site do Corecon-AM: corecon-am50anos.com.br/ no dia 12 de abril. Os participantes poderão acessar também o regulamento nas redes sociais do conselho.

Os projetos serão julgados por meio de uma Comissão Julgadora, formada por 5 (cinco) profissionais, sendo eles: 3 (três) jornalistas diplomados e 2 (dois) economistas, observando que os jornalistas envolvidos na comissão julgadora não poderão participar do prêmio, assim como os veículos que eles representam.

Os vencedores do prêmio serão agraciados com placas e diplomas, que serão entregues em cerimônia realizada em Manaus, no Amazonas, no dia 13 de agosto, Dia do Economista, em local e hora a serem definidos pelo prêmio. 

Os vencedores devem comparecer à premiação.
Área de anexos

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem