‘Cult Saúde’ leva música, dança, teatro e poesia para a Fundação Cecon

Música brasileira e clássica, toadas locais, poesia, exposições, dança e teatro com palhaços animaram a sexta-feira (27/05) de pacientes, acompanhantes e servidores da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM).


O hospital recebeu a presença de vários artistas amazonenses durante a mostra cultural ‘Cult Saúde’.

O projeto venceu o edital Prêmio Amazonas Criativo, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa. A iniciativa é da artista e pesquisadora da FCecon, Sthéfanny Azevedo. A mostra teve o objetivo de levar alegria e bem-estar através da música, da dança, artes cênicas, audiovisual e literatura.

“Cientificamente falando, já existem provas de que a arte e a cultura dentro do hospital trazem benefícios para os pacientes, acompanhantes e funcionários, diminuindo sintomas de ansiedade, aquela sensação de isolamento que a internação causa. Esse foi o foco do projeto”, disse Sthéfanny Azevedo.

O ‘Cult Saúde’ contou com o apoio dos serviços de Psicologia, Serviço Social e do Departamento de Ensino e Pesquisa da FCecon, e das ONGs Rede Feminina de Combate ao Câncer do Amazonas (RFCC-AM) e Liga Amazonense Contra o Câncer (Lacc).

Atividades e alegria

De forma simultânea, as atividades ocorreram no salão do Ambulatório, recepção principal, internação adulto e pediátrica, refeitório, hall do 3º andar, miniauditório e auditório da instituição.

A paciente Judith Duarte realiza tratamento na FCecon desde 2016 contra um câncer de mama e era uma das mais animadas no salão do Ambulatório.

“Quando a gente vem pra cá, muita gente está com o astral bem comprometido, lá embaixo. E com essa programação, você tem uma subida e isso dá uma motivação maravilhosa. Eu estou super feliz. Como sou paciente mastectomizada total, com remoção de 18 linfonodos, um com metástase axilar, e sou uma vencedora há seis anos, para mim isso é uma vitória”, comemorou.

Artistas locais

Paralelo a levar alegria aos pacientes, o ‘Cult Saúde’ foi uma forma de ajudar os artistas amazonenses que sofreram grandes impactos com a pandemia de Covid-19, segundo Sthéfanny Azevedo. Esse é um dos objetivos do edital Amazonas Criativo.

Participaram do ‘Cult Saúde’ o Sindicato dos Artistas Carentes, Cia Estrela da Dança, Hamilton Azevedo, Luiz Guimarães da Silva, Letícia Guimarães Costa, Bartolomeu Santos Costa Júnior, Vítor Camilo e Ariane Feitoza (Palhaça Cafuxa).

Também participaram a Cia Zona Cultural, Poetisa.te, Teias Urbanas, Victor Félix, Fúlvia Gomes, Marcos Efraim (Palhaço Feupudo), Aline Cassiano (Palhaça Coração), Luiz Azevedo, Jean Palladino (Palhaço Caco) e Exposição Cidade Flutuante.

FOTOS: Luís Mansueto/FCecon, Ludmila Dias/FCecon e Laís Pompeu/FCecon

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem