Deputado Ricardo Nicolau propõe sistema integrado em unidades de saúde para melhorar o atendimento de pacientes

O vice-presidente da Comissão de Saúde da Aleam destaca que má gestão do governo causa superlotação de unidades e pacientes são atendidos nos corredores.


O deputado estadual Ricardo Nicolau (Solidariedade) afirmou que as unidades de saúde do governo estão desorganizadas, o que trava o atendimento dos pacientes. O parlamentar propõe que seja criado um Centro Integrado de Atenção à Saúde (CAIS) para integrar ações das Unidades Básicas de Saúde com hospitais para acelerar a produtividade dos hospitais.

O vice-presidente da Comissão de Saúde também propõe a criação de Tratamento Fora de Domicílio (TDF) intermunicipal para atender pacientes do interior.

“O CAS é um centro de especialidades médicas de consultas e exames e isso vai ampliar o atendimento nos hospitais. O que não for possível ser feito no município, estamos propondo do TFD intermunicipal o que vai permitir o acidente sair de sua cidade com a solicitação do exame, passagem e ajuda de custo”, ressalta.

O vice-presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) destaca que má gestão do governo causa superlotação de unidades e pacientes são atendidos nos corredores.

Ação parlamentar

Como parlamentar, Ricardo Nicolau atua em ações que refletem em melhorias no sistema de saúde do Amazonas, como o projeto que institui o “Check-up Feminino” para orientação e prevenção de doenças em mulheres do Amazonas.

O PL 122/2022 está em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). Ricardo Nicolau também defende mais direitos para pacientes com câncer e passe livre no transporte coletivo intermunicipal do Amazonas.

A medida está prevista no Projeto de Lei (PL) nº 53/2022 que também está em análise na CCJR.

Câncer do colo do útero

Entre as diferentes frentes de trabalho de Ricardo Nicolau contra o câncer do colo uterino, estão as suas emendas que somam R$ 4,6 milhões para custear exames preventivos em todas as 62 cidades do Amazonas.

O vice-presidente da Comissão da Saúde da Aleam destinou mais R$ 3,2 milhões em emendas, ainda em 2021, para viabilizar a construção e equipagem do Centro Avançado de Prevenção ao Câncer do Colo do Útero (Cepcolu).

Foto: Marcelo Cadilhe

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem