DR. MIKE PROPÕE CORRENTE DE CONFIANÇA PARA COMUNITÁRIOS

O cirurgião-dentista, que é pré-candidato a deputado estadual pelo Partido Social Cristão (PSC), falou sobre a importância da relação de confiança entre a população e seu representante no Poder Legislativo.


Neste domingo (22), o cirurgião-dentista, que é pré-candidato a deputado estadual, Dr. Mike, percorreu ramais do município de Presidente Figueiredo, localizado a 128 quilômetros da capital, para conhecer de perto as necessidades dos moradores da cidade que faz parte da Região Metropolitana de Manaus.

As pessoas, que participavam de uma ação social desenvolvida pela associação local, falaram sobre o descrédito nas promessas de políticos tradicionais e, ao mesmo tempo, sobre a necessidade urgente de solucionar problemas que dependem de ação do poder público. O pré-candidato que participa de ações de voluntariado na área de saúde e também auxiliando Organizações Não governamentais (ONG) frisou que o retorno depende da formação de uma corrente do bem.

“É muito fácil você apontar o dedo e cobrar do outro. É muito fácil você exigir da líder comunitário, do presidente da comunidade, que eles executem sozinhos a benfeitoria que será para todos. Mas essas obrigações não são de um, nem de dois. Essa consciência política nós precisamos ter. Se vocês não se envolverem e escolherem políticos que têm capacidade de desenvolver projetos sociais para mudar a vida das pessoas, nada vai mudar. Não adianta colocar a culpa no vereador, no deputado. Se não se posicionar escolhendo o candidato certo, a lama continua, o centro de saúde não evolui”, analisou Dr. Mike.

O pré-candidato, que passou por inúmeras dificuldades quando era morador de rua, acredita que os projetos sociais são a alternativa mais eficiente para sanar as necessidades básicas tanto dos habitantes da capital quanto dos municípios. 

“Eu fui salvo por um projeto social que me tirou da rua e me ajudou a encontrar uma família. Aqui, tem clube de idosos? Nestes locais, as pessoas da terceira idade encontram serviços que as ajudam a cuidar de si, depois de uma vida inteira cuidando dos outros. É possível implantar um clube de idosos aqui ou conseguir mais serviços por meio do terceiro setor, de ONGs, se tiver um parlamentar que auxilie neste sentido. Chegou a hora de formar uma corrente do bem. Eu te ajudo hoje e amanhã você retribuiu para outra pessoa. Assim, vamos construir uma sociedade mais justa e que seja mais solidária”, destacou Dr. Mike.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem