Em 500 dias, prefeitura atinge quase 2 milhões de metros quadrados em alvarás de construção

Às vésperas de completar 500 dias a gestão do prefeito David Almeida, a Prefeitura de Manaus, via Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), atinge quase 2 milhões de metros quadrados licenciados em novos alvarás de construção, emitidos de janeiro de 2021 até abril de 2022.


Foram exatos 1.982.817,52 metros quadrados no período. No acumulado de 2022, de janeiro a abril, foram 390.831,61 metros quadrados, 130% a mais, comparado com igual período de 2021, quando se somaram 169.875,96 metros quadrados. O Implurb expediu 54 alvarás de construção em abril e soma, em 2022, 271 certidões.

No licenciamento urbano, o instituto tem alta de 16% na área de Habite-se regular, somando, de janeiro a abril, 238.368,52 metros quadrados, contra 204.736,33 metros quadrados do ano passado. No acumulado dos 500 dias (janeiro 2021 a abril de 2022), são mais 1.231.456,58 metros quadrados licenciados em Habite-se na capital.

No mês de abril, o Implurb teve alta de 8% na área de Habite-se, registrando 72.219,02 metros quadrados. No mesmo mês de 2021 foram 68.492,21 metros quadrados.

“A indústria e o setor da construção civil ajudaram a enfrentar os impactos da crise gerada pela pandemia da Covid-19 e serão essenciais no processo de aceleração e crescimento, com criação de empregos e no ponto social para a realização do sonho da casa própria. Temos uma equipe muito valorosa, experiente e qualificada que tem respondido aos desafios da gestão. Isso permite ao instituto atingir os números alcançados em maior licenciamento, volume de operações, melhoria no atendimento remoto e projetos desenvolvidos”, disse o diretor-presidente da autarquia, Carlos Valente.

Em 2021, o Produto Interno Bruto (PIB) da construção civil cresceu 9,7%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “Sonhamos com um futuro promissor, mas estamos juntos, liderando e construindo o presente, com investimentos públicos e privados de forma dinâmica”, afirmou Valente.

A indústria da construção civil prevê um crescimento da ordem de 2% em 2022, conforme dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic), com forte incremento de investimento em infraestrutura. O setor passou a observar um ritmo mais acelerado nas obras, o que pôde ser visto no aumento de alvarás e novos Habite-se emitidos pelo Implurb.

Fotos – Marinho Ramos / Semcom

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem