Em Alvarães, polícias civil e militar prendem idoso por estupro de vulnerável de uma criança de cinco anos

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da 57ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Alvarães (a 531 quilômetros da capital), com o apoio da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e Conselho Tutelar, prendeu em flagrante, na quarta-feira (25/05), um idoso de 60 anos, por estupro de vulnerável, praticado contra sua neta, uma criança de cinco anos.


A ação policial ocorreu na Comunidade do Catuiri, localizada no Lago de Tefé, região rural de Alvarães.

De acordo com o investigador de polícia Oscar Colares, gestor da unidade policial, as diligências em torno do caso iniciaram após o Conselho Tutelar solicitar apoio das equipes da 57ª DIP, para deslocar-se até à localidade, com intuito de localizar e efetuar a prisão do infrator.

“Ao chegarmos no local, prontamente realizamos a prisão do indivíduo e, em seguida, o conduzimos até à delegacia para os procedimentos cabíveis. A vítima também foi encaminhada para realização do exame de conjunção carnal, momento em que foi constatado que o crime teria sido praticado recentemente”, explicou o gestor.

Procedimentos

O idoso foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e ficará à disposição da justiça.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem