O DEPUTADO ESTADUAL DEVE SER DO POVO PARA ENTENDER AS DIFICULDADES

O pré-candidato a deputado estadual Dr. Mike tem discutido a forma mais eficiente de atender aos anseios da população e tem destacado que só as pessoas que passaram dificuldades podem entender os que sofrem.


O cirurgião-dentista e pré-candidato a deputado estadual Dr. Mike (PSC) tem discutido com a população do interior do estado, no final de semana esteve no município de Juruá onde foi recebido calorosamente, e também em bairros da capital a forma da população ter acesso mais rápido a serviços e projetos que tenham impacto social.

Dr. Mike, que foi morador de rua e teve de superar inúmeras dificuldades para alcançar a estabilidade financeira, tem abordado o papel do parlamentar estadual. “O deputado estadual tem como atribuição elaborar projetos de lei, acompanhar obras e ações, propondo melhorias para beneficiar o cidadão. Mas isso não significa ficar enclausurado num gabinete. 

Eu sou do povo, gosto de andar entre as pessoas, de conversar sobre os problemas para entender como posso ajudar. Não pretendo ser um deputado de gabinete e sim um deputado atuante nas ruas”, destacou o pré-candidato.


Nas ruas, nos encontros em casas de comunitários, em centros sociais, o pré-candidato tem resgatado a esperança e apontado a união de esforços como alternativa para superar as dificuldades. 

“Eu tenho procurado conversar com as pessoas, olhando nos olhos, e dizendo que é possível a gente sonhar. Eu não brinco com os sonhos de ninguém porque um dia brincaram com os meus e eu quase morri. Eu estava há dois dias sem comer e me prometeram ajuda. Essa pessoa não cumpriu a promessa e me deixou arrasado. Por isso, eu tenho a plena convicção de que é mais fácil ser atendido e entendido por um representante na Assembleia Legislativa que tenha a mesma história de vocês, que saiba o que vocês têm passado e que vai lutar para estar próximo para resolver os problemas”, afirmou Dr. Mike.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem