PC-AM deflagrou ações que resultaram em 14 prisões durante a primeira semana de maio

Nesta primeira semana de maio, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) deflagrou operações que resultaram na prisão de 14 indivíduos, entre flagrantes e cumprimento de mandados de prisão temporária e preventiva, por envolvimento em diversos crimes, tanto na capital quanto no interior do estado.


No decorrer das ações também foram apreendidos adolescentes e veículos utilizados nas práticas criminosas, bem como veículos provenientes de furtos e roubos na cidade. Além disso, a PC-AM divulgou imagens de pessoas desaparecidas e também de procurados, com o intuito da população ajudar na localização dessas pessoas.

Entre os crimes registrados, estão tentativa de estupro de vulnerável, roubos, tráfico de drogas, homicídios, organização criminosa, disparo de arma de fogo, porte ilegal de arma de fogo, porte ilegal de munição, ameaça, dentre outros delitos.

Ações no interior - Em Eirunepé (a 1.160 quilômetros), por meio da Delegacia Especializada de Polícia (DEP), foi deflagrada, nos dias 30 de abril, 1º e 2 de maio, a Operação Sossego, que resultou na apreensão de motocicletas com descargas adulteradas, que causavam desconforto à população devido à poluição sonora.

E na quinta-feira (05/05), em Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), equipes da DEP cumpriram mandado de prisão preventiva em nome de um indivíduo, de 20 anos, pelos crimes de tentativa de feminicídio e estupro de vulnerável, praticados contra uma adolescente de 16 anos. O fato ocorreu no dia 23 de abril, em uma via pública, no bairro da Correnteza, naquele município.

Também na quinta, policiais da 55ª DIP de Fonte Boa (a 678 quilômetros), prenderam em flagrante, Rômulo Bonet Alves, 28, pelos crimes de disparo de arma de fogo, porte de arma de fogo, porte de munição e ameaça, praticados contra as vítimas que eram abordadas e agredidas sem justificativas.

Em Iranduba (a 27 quilômetros), equipes da 31ª DIP cumpriram, na quinta-feira (05/05), por volta das 6h, mandado de prisão preventiva em nome de Paulo Ricardo Moraes de Carvalho, 20, conhecido como “PG”, pelos crimes de roubos, tráfico de drogas, homicídio e organização criminosa praticadas naquele município.

Na capital - A Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) centro-sul, deflagrou, na segunda-feira (02/05), ação que resultou na prisão de um homem, 39, por uso de documento falso e por não pagamento de pensão alimentícia.

Nesse mesmo dia, policiais da Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), cumpriram mandado de busca e apreensão em nome de um adolescente, de 15 anos, por ato infracional análogo a latrocínio, praticado contra um motorista de aplicativo, que tinha 36 anos.

A Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), deflagrou, na manhã de quinta-feira (05/05), por volta das 11h, ação policial que resultou na prisão de Carlos Felipe da Silva Leite, 25, pelo crime de roubo majorado. Na ocasião do crime, o motorista de um caminhão de combustível foi feito refém e foram roubados 25 mil litros de gasolina do tipo aditivada, comum e etanol.

Em continuidade à Operação Fake Machine, equipes do 25º DIP prenderam na quinta-feira (05/05), um homem, 42, envolvido na prática do crime de fraude utilizando a troca de máquinas de cartão. O indivíduo pertencia ao mesmo grupo criminoso que outros quatro infratores, que foram presos em fases iniciais da operação deflagrada nos dias 18 de março e 29 de abril deste ano.

Também na quinta, a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), deflagrou ação policial que resultou na prisão de Fábio Alexandre Lira dos Santos, 28, conhecido como “Negão”, apontado como principal executor da morte do coletor de lixo Aldenir Rodrigues Castilho, que tinha 25 anos, ocorrido na terça-feira (26/04), por volta das 19h30, no bairro Japiim, zona sul de Manaus.

FOTOS: Erlon Rodrigues/PC-AM

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem