PC-AM prende dois homens por receptação e adulteração de sinal identificador de veículo em Manaus

Ao longo de segunda-feira (16/05), policiais civis da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), com o apoio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), realizaram ações distintas na zona norte de Manaus, que resultaram nas prisões, em flagrante, de Darling de Souza de Oliveira, 27, e José Antônio Paz de Melo, 22, pelos crimes de receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.


Na ocasião, foram recuperados dois veículos com restrição de roubo.

De acordo com o delegado Rafael Soibelman, titular da DERFV, na primeira diligência, os policiais identificaram, por volta das 16h, um veículo clonado, na rua Pascoal Ranieri Mazzilli, conjunto Manoa, bairro Cidade Nova, zona norte da capital.

“Fizemos a abordagem e constatamos que se tratava de um veículo da montadora Chevrolet, modelo Onix, que havia sido roubado na quarta-feira (11/05). O carro estava sendo conduzido por José Antônio, que foi preso em flagrante”, disse o delegado.

Conforme a autoridade policial, em continuidade aos trabalhos, por volta das 17h, uma segunda ação foi realizada após coleta de informações relacionadas ao roubo de um automóvel da montadora Ford, modelo Ka, ocorrido na sexta-feira (13/05). As investigações identificaram o local onde o automóvel seria clonado, com o que as equipes seguiram até a rua Zero, também na Cidade Nova.

“No momento em que chegamos ao endereço, o automóvel estava sendo remarcado, e localizamos Darling, momento em que efetuamos a prisão dele. Constatamos que haviam outros veículos já haviam sido adulterados lá”, relatou Soibelman.

O titular da DERFV explicou ainda que na maioria das vezes, os infratores subtraem tais veículos sob encomenda, de outros criminosos residentes em diversos municípios do Amazonas, ou até mesmo dos demais estados do país.

Procedimentos – Os indivíduos irão responder pelos crimes de receptação e adulteração de sinal identificador de veículo. Eles serão encaminhados à audiência de custódia na Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficarão à disposição da Justiça.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem