Prefeitura aplica dose de reforço contra a Covid-19 em jovens de 12 a 17 anos a partir desta terça, 31/5

A Prefeitura de Manaus inicia, nesta terça-feira, 31/5, a aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em adolescentes de 12 a 17 anos, que tomaram a segunda dose há quatro meses ou mais.


A inclusão do novo grupo na campanha de imunização, coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), foi recomendada em nota técnica pelo Ministério da Saúde.

“É mais um avanço na campanha que o município realiza, sem interrupção, desde janeiro do ano passado e que tem como objetivo garantir proteção da população contra formas graves da doença, evitando internações e mortes”, comemora o titular da Semsa, Djalma Coelho.

Segundo o gestor, a secretaria tem colocado em prática a determinação do prefeito David Almeida, de facilitar o acesso aos imunizantes por meio de pontos descentralizados e a expectativa é de que os pais atendam a mais esse chamado e levem seus filhos a um dos cerca de 50 locais de atendimento ao longo da semana para garantir a dose de reforço.

A subsecretária de Gestão da Saúde da Semsa, Aldeniza Araújo de Souza, informou que 163.507 jovens de 12 a 17 anos já tomaram a segunda dose, em Manaus, até a tarde desta segunda-feira, 30/5. Desse total, 132.003 estão dentro do intervalo para receber a dose de reforço. “Quem atingiu o intervalo de quatro meses já poderá buscar a dose de reforço, ou terceira dose, em um dos pontos de imunização distribuídos em todos os Distritos de Saúde (Disa) da cidade, que funcionam de 9h às 16h”, afirmou.

Aldeniza orienta que os usuários acessem a lista com endereços e horários dos pontos de vacinação no site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br) ou nas redes sociais da secretaria (@semsamanaus no Instagram, e Semsa Manaus no Facebook).

“Os adolescentes imunossuprimidos já vinham tomando a terceira dose desde fevereiro deste ano, e agora essa vacina está aberta para todas as pessoas que integram essa faixa etária, desde que respeitem o prazo preconizado pelo Ministério da Saúde. Adolescentes gestantes e puérperas também podem receber o reforço”, ressaltou a subsecretária.

Os adolescentes devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis nos locais de imunização, portando documento de identidade com foto e cartão de vacina.

A terceira dose, de acordo com Aldeniza, também pode ser tomada por adultos imunossuprimidos que tomaram a segunda dose há pelo menos 28 dias; pessoas com 18 anos ou mais que tomaram a segunda dose há pelo menos quatro meses; e idosos de 60 anos ou mais que receberam a segunda dose há três meses ou mais.

Fotos - Camila Batista / Arquivo Semsa

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem