Prefeitura de Manaus tem alta de 22% com alvarás de construção e 43% em

Em 2022, a Prefeitura de Manaus, via Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), melhorou os índices de licenciamento urbano com mais emissões de alvarás de construção e mais certidões de Habite-se, ampliando a regularidade no setor de construção civil, habitação, comércio, indústria e serviços.


De janeiro a abril, o Implurb teve alta de 22% em mais alvarás de construção emitidos, somando 271, contra 223 do ano passado. Os Habite-se saíram de 141 de 2021 para 201, no quadrimestre, um incremento de 43%.

Somando uma variação positiva de 92% em análises de licenças, certidões e documentos, a Prefeitura de Manaus acumula 2.061 processos analisados de janeiro a abril, contra 1.076 do mesmo período de 2021.

“Atuamos com indicadores de produtividade, focados em eficiência e meritocracia, bandeiras do prefeito David Almeida”, afirmou o diretor-presidente da autarquia, engenheiro Carlos Valente.

500 dias

Ao completar 500 dias da gestão David Almeida, o Implurb atingiu 2 milhões de metros quadrados licenciados em novos alvarás de construção, emitidos de janeiro de 2021 até abril de 2022.

No acumulado de 2022, de janeiro a abril, foram 390.831,61 metros quadrados, 130% a mais comparado com igual período de 2021, quando se somaram 169.875,96 metros quadrados.

No licenciamento urbano, o instituto tem alta de 16% na área de Habite-se regular, somando, de janeiro a abril, 238.368,52 metros quadrados, contra 204.736,33 metros quadrados do ano passado. No acumulado dos 500 dias (janeiro 2021 a abril de 2022), são mais 1.231.456,58 metros quadrados licenciados em Habite-se na capital.

No mês de abril, o Implurb teve alta de 8% na área de Habite-se, registrando 72.219,02 metros quadrados. No mesmo mês de 2021 foram 68.492,21 metros quadrados.

Fotos – Antonio Pereira / Arquivo Semcom

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem