Prefeitura encerra a primeira turma teórica de capacitação para o uso de armamento letal

A Prefeitura de Manaus encerrou, nesta terça-feira, 3/5, no auditório da Casa Militar, no bairro Vila da Prata, zona Oeste, as aulas teóricas da primeira turma da capacitação de guardas municipais para o uso de armamento letal.


O curso foi aberto pelo prefeito David Almeida no dia 18/4 e é parte da preparação da Guarda Municipal que, depois de 73 anos da sua fundação, passará a atuar efetivamente no reforço da segurança na capital, conforme definido no programa de governo municipal.

Nesta quarta-feira, 4, terá início a segunda turma, com 79 guardas a ser treinados inicialmente. Destes, oito são mulheres que se apresentaram de forma espontânea para participar da capacitação. No dia 18, todos deverão participar das aulas práticas, no estande de tiros do Exército brasileiro.

As aulas estão sendo coordenadas pela Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), vinculada à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), em parceria com a Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg), Polícia Federal e Exército brasileiro.

“Dando continuidade ao processo de implantação da Secretaria Municipal de Segurança, criada pelo prefeito David Almeida, estamos concluindo a primeira turma do treinamento teórico, instruções relativas ao uso de arma letal. Em seguida, será feito o treinamento prático, capacitando, dessa forma, nossos guardas municipais para que possam bem desempenhar a sua função de reforçar a segurança na cidade de Manaus”, informou o titular da Semad, Ebenezer Bezerra.

No segundo e último módulo, a primeira turma de guardas recebeu orientações sobre equipamentos e acessórios como coldre, colete balístico, porta-carregador; fundamentos do tiro, incluindo base, empunhadura, visada, acionamento do gatilho e respiração; e cuidados com a manutenção dos armamentos.

Também fez parte da programação desta terça-feira, treinamento em técnicas de tiro; panes e incidentes de tiro; identificação de meios de proteção e tomada de posições: cobertura e abrigo; e técnicas de tiro defensivo, incluindo técnicas de tiro em baixa luminosidade, embarcado, em deslocamento e em ambientes confinados.

O capitão da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) Anderson Cordeiro dos Santos, instrutor do segundo módulo, explicou que essa foi a última etapa antes de iniciar a parte prática da capacitação. “A instrução preparatória para o tiro é o último passo antes da prática. Aqui eles estão aprimorando o manuseio de uma arma de fogo e se familiarizando com todos os comandos que nós teremos nas aulas práticas, que exigirá deles uma maior concentração. Essa parte é fundamental para que eles cheguem lá com uma maior segurança, maior domínio e, assim, terem um resultado ainda melhor”, disse o instrutor.

O diretor da Guarda Municipal, Claudionei Barbosa, também está participando da capacitação. “É uma experiência ímpar, essa que estamos vivendo. Estamos participando de um momento muito importante que é essa transformação da Guarda Municipal. Estamos adquirindo novos conhecimentos, novas técnicas que aplicaremos no dia a dia do nosso serviço”, afirmou.

O guarda municipal Adriano da Silva Gomes participou da primeira turma. Ele destacou o que esses conhecimentos irão representar no desempenho das funções da corporação. “Essa capacitação representa uma nova estruturação e melhoria de trabalho. Nós que atuamos na área de segurança, precisamos de meios para operar. Esse curso tem sido de grande valia e nós estamos nos sentindo cada vez mais valorizados”, avaliou.

Fotos - Thelson Souza / Semad

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem