Procon-AM pede explicações a instituição de ensino superior sobre cobrança para colação de grau individual

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM) notificou o Centro Universitário Luterano do Brasil (Ceulm/Ulbra), pedindo esclarecimentos sobre denúncias enviadas por alunos relativas à cobrança de R$ 200 para realização de colação de grau individual. A instituição foi notificada na segunda-feira (23/05).


Os alunos que procuraram o órgão relataram que são obrigados a participar da colação organizada por uma empresa de eventos indicada pela instituição. Aqueles que não quiserem precisam pagar a taxa de R$ 200, segundo denúncias encaminhadas ao Procon-AM.

No documento, o órgão de defesa do consumidor pede que a Ulbra informe de que se trata essa taxa e se há data fixada para a colação de grau das turmas finalistas de cada curso. Caso exista, a instituição deve apresentar o cronograma das colações já agendadas. O órgão também perguntou quais os requisitos para que o aluno esteja apto para colar grau.

“O Procon-AM busca equilíbrio e solução de conflitos. Portanto, é plenamente possível que, frente a algum abuso que não ameace a saúde e a segurança do consumidor, o problema seja resolvido pacificamente. Eles têm o prazo de dez dias para responder os questionamentos”, afirma Jalil Fraxe, diretor-presidente do Procon-AM.

FOTO: Divulgação

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem