Visando gerar qualificação e oportunidades, Seap inicia curso de mecânica de motos na Unidade Prisional de Itacoatiara

As oportunidades de qualificação ganham destaque no sistema prisional do Amazonas. Desta vez, internos da Unidade Prisional de Itacoatiara (UPI), no município distante 176 quilômetros de Manaus, iniciaram na manhã desta terça-feira (10/05) o curso de mecânica de motos, ofertado pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), por meio do Departamento de Reintegração Social e Capacitação (Deresc), em parceria com o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam).


A formação visa ampliar conhecimentos e ampliar o número de reeducandos capacitados para o mercado de trabalho. No total, 16 internos que integram o programa Conhecimento que Liberta terão acesso às aulas teóricas e práticas, com disciplinas voltadas para manutenções, reparos, suspensão, dentre outras técnicas sobre a mecânica de motocicletas. A conclusão do curso está prevista para a primeira quinzena do mês de junho, com carga horária total de 100h.

Além de Itacoatiara, unidades da capital, como Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), Centros de Detenção Provisório 1 e 2 (CDPM I e II) e Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) também estão sendo contempladas com os cursos oferecidos pelo Cetam. Dentre eles, estão os de instalação de elétrica de baixa tensão, assistente administrativo, pintor de obras, instalação e manutenção de condicionador de ar, e iniciação a corte e costura.

Neste ano, esses são os primeiros cursos ofertados pelo Cetam, com cargas horárias que variam de 100 a 160 horas complementares.

“O Governo do Amazonas, por meio da Seap, tem disponibilizado essas oportunidades às Pessoas Privadas de Liberdade (PPLs) para que tenham uma perspectiva de vida após o cumprimento de suas penas, além de ajudar no processo de remição e ressocialização”, destacou o coronel Paulo Cesar, secretário titular da Seap.

O interno Alex (nome fictício) se disse grato pela oportunidade de receber a qualificação. “Com esse curso pretendo buscar melhorias para que eu possa sustentar minha família de forma honesta. Gostaria de agradecer à Seap pela oportunidade e por acreditar em nossa mudança, essas qualificações fazem muita diferença em nossas vidas”, finalizou.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem