Adolescente é suspeito de esfaquear e jogar própria mãe em poço por negar sexo

A Polícia Civil apreendeu um adolescente de 16 anos, na terça-feira (28), acusado de tentar matar a mãe adotiva, em Esperantina (PI). 



De acordo com as autoridades, a vítima foi resgatada de dentro de um poço e levada para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde está internada.


De acordo com a delegada Rosa Chaib, a vítima disse em depoimento que criou o menino como se fosse filho dela. Aos agentes, ela explicou que na madrugada de segunda-feira (27) o adolescente tentou ter relações sexuais com ela.

“Como ela não quis, ele desferiu dois golpes de faca em seu pescoço e a jogou em um poço cheio de lama. A vítima gritou por socorro e foi retirada do poço por um vizinho que a ouviu”, afirmou a delegada.A vítima está consciente, porém em estado grave. O adolescente está internado no Complexo de Defesa da Cidadania (CDC) de Teresina.

Com informações da IstoÉ

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem