Ageman e Unidade Gestora de Energia acompanham avanços do sistema de telegestão da iluminação pública

Técnicos da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) e da Unidade Gestora Municipal de Abastecimento de Energia Elétrica (UGPM Energia) acompanharam nesta semana os avanços do sistema de telegestão do serviço de iluminação pública da capital.


O sistema de telegestão é uma das obrigações contratuais da empresa Manausluz, concessionária responsável pelo serviço de iluminação pública da cidade.

A telegestão permite, por exemplo, programar o acionamento e o desligamento das lâmpadas de LED, identificar falhas como lâmpadas queimadas ou acesas durante o dia e regular a intensidade da luz emitida. Além disso, as equipes de manutenção não precisam mais sair às ruas para detectar possíveis erros, pois o próprio sistema envia notificações de reparo ao Centro de Comando e Controle da concessionária.

“Tudo isso contribui significativamente com uma melhor eficiência energética do nosso parque de iluminação pública, pois será possível monitorar com maior celeridade o sistema de iluminação pública de Manaus e garantir uma resposta mais rápida às demandas dos usuários”, destacou o diretor-presidente da Ageman, Elson Ferreira.

Durante a apresentação do progresso das instalações dos controladores e do sistema de acompanhamento, os técnicos da UGPM Energia e da Diretoria de Gestão Econômica e Tarifária da Ageman tiveram a oportunidade de esclarecer informações em torno da manutenção do serviço e a conectividade, uma vez que os dados são transmitidos via internet.

O sistema foi apresentado pelos representantes da Smartgreen, umas das maiores empresas com vasta expertise em telegestão.

Atualmente, a cidade de Manaus já conta com mais de 130 mil pontos de LED instalados nas ruas, avenidas, becos, praças e quadras, além da zona rural que também foi contemplada com a modernização da iluminação pública.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem