Caio Castro fala sobre sexo e masculinidade tóxica: 'Tenho minhas fragilidades'

Caio Castro abriu o jogo ao falar sua opinião sobre masculinidade tóxica. O ator de 33 anos de idade se definiu como um homem livre e falou até sobre disfunção erétil durante um bate-papo no canal Sua Brother, no YouTube.





"É óbvio que a gente entra mais nessa questão com um amigo ou com a gente mesmo, mas tem um grupo, uma parcela de meninas que não ajuda, que faz questão de (cobrar)... 'E aí, meu?', 'Nossa!'. É sério mesmo? Dá vontade de falar: 'Quantos anos você tem?'", disse Caio, que afirmou se livrou de preconceitos e estereótipos da masculinidade.

"Eu sentia vergonha, às vezes, de me emocionar com alguma coisa, segurava choro em coisas simples: filme... Eu não tenho que ser durão, tenho que ser humano, tenho que tentar corrigir essas coisas que fazem mal para mim. Tenho minhas fragilidades, tenho minhas inseguranças em alguns lugares, tenho vontade de chorar por coisa que triste, sim, e tenho vontade de chorar por outras coisas que são felizes (...) Hoje sou um cara muito livre. É transformador."

 

 

Fonte: Quem

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem