Cliente relata a dor de cabeça que está tendo com a TKM Financeira: "Fui lesado por essa empresa, sou trabalhador, mereço respeito e quero meu dinheiro de volta"

DA REDAÇÃO BLITZ AMAZÔNICO

Em tempos de crise e orçamento apertado algumas pessoas buscam um fôlego financeiro para equilibrar as finanças ou até mesmo alavancar um negócio que está precisando de uma injeção de recursos.


Nessas circunstâncias é preciso uma atenção redobrada no sentido de evitar muitas dores de cabeça com cobranças de taxas inadequadas, taxa de abertura de crédito perdida se o crédito não for aprovado, vendas casadas entre outros transtornos comuns em algumas instituições.

Um exemplo disso é o que está passando Walterneide Rodrigues dos Santos que procurou a redação do PORTAL BLITZ AMAZÔNICO para fazer uma denúncia contra a empresa TK Financeira. Durante entrevista ele desabafou sobre os transtornos que está passando com a empresa.

“Fui à financeira TKM Serviços Financeiros para fazer um empréstimo, a financeira aceitou na hora e me pediu uma entrada 10% do valor que era, R$ 5.800,00 dizendo que o dinheiro sairia com um mês. Pediram para aguardar que eles iriam fazer contato, mas essa ligação nunca ocorreu. Um funcionário da TK Financeira identificado como Jorge pediu que eu tivesse paciência e esperasse o financiamento foi realizado no dia 26 de abril desse ano. A previsão era que no mês seguinte o empréstimo fosse creditado, mas o dinheiro não foi depositado e não me deram nenhuma satisfação. Quando retornei para cobrar explicações, para minha surpresa, fui informado que se tratava de consórcio. Mediante essa informação, solicitei o cancelamento do empréstimo, mandaram fazer uma carta de cancelamento informando que com 120 dias seria devolvido o dinheiro”, contou.


Apesar das diversas tentativas para resolver essa situação, a TK Financeira não tem demonstrado celeridade para devolver o valor pago pelo cliente.

“Já se passaram dois meses e nada foi resolvido, ainda não recebi nenhuma resposta da TK Financeira. Da minha parte fiz tudo que foi solicitado, mas até o presente momento não tive nenhum retorno da instituição financeira. Estou tendo um prejuízo enorme e a TK Financeira não dá nenhuma satisfação”, desabafou.

O PORTAL BLITZ AMAZÔNICO tentou entrar em contato com a TK Financeiras pelo telefone (92) 8156 7XXX, porém até a publicação dessa matéria não tivemos nenhum retorno da empresa.

O sonho de um carro novo acabou se transformando numa direção na contra-mão, aonde Walterneide Rodrigues dos Santos e sua esposa acabaram se frustando com tamanho desrespeito e falta de zelo com o consumidor.






1 Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postar um comentário

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem