Estudo aponta primeiro caso de transmissão da Covid de gato para humano

Pesquisadores da Universidade Príncipe de Songkla, na Tailândia, afirmam ter identificado o primeiro caso de transmissão do novo coronavírus (Covid-19) de um gato para um humano.




Até então, foram relatados apenas situações inversas, em que os animais de estimação foram infectados por seus tutores.

Segundo um artigo divulgado na semana passada na revista Emerging Infectious Diseases e publicada pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC), uma médica veterinária de 32 anos provavelmente foi infectada enquanto examinava o gato em agosto do ano passado, quando ele espirrou no rosto dela.

Os tutores de felino, um pai e filho de Bangkok, desenvolveram os primeiros sintomas de Covid-19 em 4 de agosto. No dia 8, eles foram transferidos para um hospital em Songkhla, a 20 horas da capital da Tailândia. Por algum motivo que não ficou claro no estudo, eles levaram o gato junto.

Ao chegar no destino, o animal de estimação foi levado para um hospital veterinário para exames, onde a médica de 32 anos coletou amostras de secreções. Neste momento, ele espirrou em seu rosto.

A médica usava luvas e máscara, mas não tinha proteção nos olhos, como óculos ou face shield, por exemplo.

A veterinária desenvolveu os primeiros sintomas da Covid-19 em 13 de agosto. A doença foi confirmada por testes de diagnóstico. Ela não tinha tido contato com outras pessoas com Covid-19 ou com os tutores do gato na época.

Testes de sequenciamento genômico confirmaram que tanto o gato quanto os três pacientes foram infectados pela variante Delta do coronavírus, que não era comum em Songkhla na época.

Com informações da Gazeta Brasil

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem