Fuham leva ações de combate à hanseníase para RioPreto da Eva

O município de Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros de Manaus) recebe a equipe da Fundação Hospitalar Alfredo da Matta (Fuham), unidade vinculada à Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), desde o dia 6 até 17 de junho, para mais uma série de ações em saúde promovidas pelo grupo tarefa do Projeto Apeli – Ação para Eliminação da Hanseníase.


A ação no município iniciou na segunda-feira (06/06), com palestras de sensibilização em hanseníase para os profissionais de saúde locais, abordando orientações sobre a doença, diagnóstico e tratamento. No primeiro dia de capacitações, cerca de 120 profissionais participaram deste que é um dos importantes eixos do Projeto Apeli.

Além das capacitações, o grupo tarefa realizará em Rio Preto da Eva, exames dermatológicos, consultas dermatológicas, avaliação de prevenção de incapacidades, dentre outras ações com vistas na intensificação do combate à hanseníase no município; tudo com apoio da prefeitura e secretaria de saúde municipais.

Reduzir a carga da hanseníase

O Projeto Apeli tem como objetivo principal reduzir a carga de hanseníase no estado do Amazonas, por isso, realiza ações para fortalecer o combate e a vigilância da doença.

A detecção precoce de novos casos para início imediato de tratamento – quebrando a cadeia de transmissão – também é um importante fator, que não se encerra com a saída do grupo tarefa do município. Com equipes treinadas, a gestão local ganha novo fôlego para continuidade das ações, cabendo à Fuham o monitoramento dessas atividades.

A ação em Rio Preto da Eva segue até o próximo dia 17 de junho e conta com equipe de médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, assistente social e técnicos que realizam atividades na zona urbana e rural do município.

Para este ano ainda estão previstas ações do Apeli nos municípios de Tabatinga, Benjamin Constant, Atalaia do Norte, Iranduba, Maraã e Uarini.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem