Guarda Municipal de Manaus completa 73 anos e lança corrida para celebrar nova fase

A Prefeitura de Manaus, via Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg), realizou, na tarde desta quarta-feira, 15/6, uma solenidade em alusão aos 73 anos da Guarda Municipal de Manaus, e para celebrar a nova fase dos agentes de segurança foi lançada a “2ª Corrida da GM”, que não acontecia desde 2019.


A 2ª edição da “Corrida da GM” será no dia 7 de agosto, com saída e chegada no complexo turístico Ponta Negra, e terá percursos de 5 e 10 quilômetros. A inscrição será aberta a todos e custará R$ 70, com medalha inclusa, e haverá premiação em dinheiro para os primeiros colocados, além de troféu.

Para o secretário da Semseg, Sérgio Fontes, essa corrida marca o retorno das atividades da GM com os manauaras e uma nova fase pós-pandemia, no serviço que os agentes deverão prestar à sociedade, uma vez que uma parte do efetivo passará a portar arma de fogo e para isso vem recebendo uma série de treinamentos e capacitações, para a utilização do equipamento, de forma progressiva, durante o trabalho.

Ao longo desses 73 anos de história houve altos e baixos, mas desde 2021 uma nova injeção de ânimo foi dada pelo prefeito David Almeida quando anunciou a valorização dos servidores por meio do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR), além do armamento, iniciando um novo momento para agentes como o seu Narciso, que há 43 anos é guarda municipal e está prestes a se aposentar. Ele se sente valorizado pela primeira vez.

“Quando eu comecei, a guarda era chamada de rapa. Não tínhamos respeito, não éramos valorizados. Apesar de sermos agentes de segurança, nos tratavam como bandidos, sendo que tudo o que buscávamos era a manutenção da ordem. As coisas melhoraram um pouco com os anos, mas pela primeira vez, eu acho que a nossa guarda realmente vai para frente, e fico muito satisfeito em ver isso acontecer antes de eu me aposentar. Falta pouco, mas vou aguentar para fazer parte desse novo momento que a nossa GM vive”, conta.

Além da corrida, neste ano deve ser aprovado o PCCR, o próximo passo para o edital do concurso, além da permissão aos servidores, de construírem uma carreira dentro da instituição.

Fotos – Altemar Alcântara / Semcom

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem