Influencer é “massacrada” nas redes sociais após debochar de vagas para autistas em Shopping; veja vídeo

 Brasil – A Influenciadora digital e maquiadora Larissa Rosa está sendo massacrada nas redes sociais após divulgar um vídeo ao lado da mãe ao qual debocha das vagas exclusivas para autistas no estacionamento de um shopping.

Influencer é "massacrada" nas redes sociais após debochar de vagas para autistas em Shopping; veja vídeo

Ela compartilhou o vídeo de sua “indignação” para “melhores amigos”, uma seção restrita dos stories para pessoas mais íntimas, mas muitos acharam os comentários dela preconceituosos e de mal-gosto.

Veja vídeo:




Joaquim Adorno é delegado titular do Grupo Especializado no Atendimento às Vítimas de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Geacri) e está à frente do caso.


Larissa aparece no vídeo ao lado mãe, Vânia Rosa. As duas são moradoras de Anápolis, a 55 Km de Goiânia, e ainda serão intimadas para interrogatório.

Adorno explicou que a conduta da influenciadora está prevista como crime no artigo 88, parágrafo 2º, do Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146/2015). Além disso, ele é agravado pelo fato de ela ter divulgado nas redes sociais.

O delegado aponta que será importante, ainda, ouvir as pessoas que se sentiram afetadas pela conduta de Larissa, pois ajudará a materializar o sofrimento coletivo causado.


Pelas redes sociais, Rosa divulgou uma nota se desculpando pelo ocorrido. Ela diz que se desesperou, inicialmente, com as inúmeras mensagens que recebeu, diante da repercussão gerada, mas que refletiu sobre o que fez.

Com informações via Metrópoles

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem