Moradores do Manauara etapa B recebem cursos de formação profissional pela Prefeitura de Manaus

Cursos de artesanato, maquiagem, de operador de caixa e de agente de portaria estão na agenda de atividades promovidas pela Prefeitura de Manaus, via Vice-Presidência de Habitação e Assuntos Fundiários (Vpreshaf) e Grupo Institucional do Poder Público (GIPP), para os moradores do residencial Cidadão Manauara II etapa B, no Santa Etelvina, zona Norte.


Os cursos acontecem de 6 a 30 de junho, divididos por grupos. Os de maquiagem vão ocorrer no Instituto Unidos pelo Social (IUPS), também no Santa Etelvina, e os demais serão realizados no Centro Social do próprio Manauara II. Todos são gratuitos e voltados para os beneficiários do programa de habitação popular.

As atividades fazem parte do Plano de Trabalho Social (PTS), que promove uma série de atividades de capacitação, qualificação e orientação para os beneficiários da habitação social. Os residentes são separados em grupos, por blocos, recebendo treinamento nas áreas comuns do próprio residencial.

No último final de semana, moradores do residencial tiveram ações com foco no meio ambiente e conservação ambiental, finalizando com o plantio de mudas de árvores, envolvendo a comunidade, de crianças a idosos.

“O Plano Social de Trabalho é licitado, contratado e realizado para dar o suporte necessário às famílias nos cuidados e no dia a dia com a nova habitação própria. A preocupação do prefeito David Almeida é entregar habitação de qualidade, dando dignidade, mas também garantindo apoio em várias áreas e com participação da estrutura da prefeitura aos novos beneficiários”, afirmou o vice-presidente de Habitação, Renato Queiroz.

Assessoria

A assessoria técnica da Vpreshaf promove, junto aos beneficiários, com suporte de uma empresa licitada para a execução do PTS, uma série de palestras, reuniões e encontros com assuntos que vão desde seus direitos e deveres como usuários do sistema habitacional, até informações sobre tarifas sociais; cadastros em programas sociais; organização comunitária e planejamento do orçamento familiar; racionalização de gastos com a nova moradia; capacitações para compor a gestão condominial, entre outros.

As capacitações são ofertadas gratuitamente e fazem parte do plano de trabalho social do programa da Prefeitura de Manaus. Os mutuários recebem informações sobre segurança e prevenção de acidentes domésticos; acesso a tarifas sociais e para microcrédito produtivo e encontros sobre funcionamento dos espaços comuns, ressaltando normas de convivência e boas condutas, além de temas relacionados à higiene, saúde e doenças.

Em agosto de 2021, o residencial, que integra o “Casa Verde e Amarela”, começou a ser ocupado após a entrega do programa habitacional da Prefeitura de Manaus, inaugurado pelo prefeito David Almeida e pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Benefícios

Os moradores dos conjuntos residenciais Manauara são isentos de pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) por lei municipal, além do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem