Prefeitura de Manaus assina acordo com a Polícia Rodoviária Federal para compartilhamento de dados

A Prefeitura de Manaus, por meio da Casa Civil, via Centro de Cooperação da Cidade, assinou, na manhã desta quarta-feira, 15/6, um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), visando o compartilhamento de dados e informações a partir de uma atuação integrada, beneficiando diversos serviços do município, como segurança e trânsito.


O intercâmbio de conhecimentos, informações, dados e tecnologias irão ampliar o leque de ações da segurança pública e viária no âmbito do município.

De acordo com o prefeito David Almeida, esse acordo vai trazer melhorias para a gestão municipal e os sistemas de controle de ocorrências e identificação, reforçando a prevenção, ao se antecipar aos problemas, com a tecnologia da PRF.

“É melhor prevenir do que remediar e é exatamente isso que estamos fazendo aqui. Reforçando a prevenção, nós conseguimos nos antecipar aos problemas, com toda essa tecnologia e sistemas da parceria com PRF, que posteriormente pode se ampliar para uma escola municipal, como já existe em duas cidades do Brasil. Manaus será a terceira, trazendo benefícios à população no trânsito, na saúde e até na segurança”, aponta o gestor municipal.

Segundo o superintendente do CCC, Sandro Diz, as tratativas começaram no ano passado. “Essa costura iniciou em 2021, por determinação do prefeito David Almeida, uma vez que o CCC tem diversas câmeras espalhadas pela cidade e está ampliando em três vezes o quantitativo de imagens, que servem não apenas para o município, como agora, também, atenderá às demandas da PRF, como já atende a Polícia Militar”, informou Diz.

Além das imagens do sistema de monitoramento com inteligência de leitura de placas e reconhecimento por características, a Prefeitura de Manaus também deve compartilhar dados de acidentes, estendendo a cooperação para o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), já que um dos sistemas utilizados pela PRF é o Pnatrans, elaborado em conjunto pelos órgãos integrantes do Sistema Nacional de Trânsito, que trazem as diretrizes para o Brasil, de redução do índice nacional de mortos por grupo de veículos e por grupo de habitantes.

“Esse acordo vai trazer na prática a possibilidade de as informações chegarem mais rápido até as pessoas, uma vez que os registros nos permitirão atender melhor determinadas situações e também promover educação sobre trânsito”, conta o diretor-presidente do IMMU, Paulo Henrique.

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg), também será contemplada com o ACT, uma vez que a PRF compartilhará informações e dados, de maneira coordenada entre os poderes.

“Na verdade, a segurança é um sistema e nós estamos muito contentes, porque hoje avançamos nesse sistema, ao integrarmos os meios desta valorosa instituição, que tem contribuído muito para a segurança pública do Brasil, que avançou muito. Nós vamos repartir o que temos por via das câmeras do CCC, que já é uma referência”, explicou o titular da Semseg, Sérgio Fontes.

Segundo o superintendente da PRF-AM, Diego Patriota, além da troca de informações, também o órgão irá disponibilizar os seus sistemas e treinar os servidores municipais que irão utilizá-los.

“É uma satisfação, uma vitória principalmente para a população de Manaus. Essa ação faz parte dos pacotes de soluções chamado PRF Multiagencia, onde a Polícia Rodoviária Federal disponibiliza todos os seus sistemas para que o município possa ter acesso de forma gratuita às ocorrências, principalmente registros de trânsito e o fortalecimento da Guarda Municipal com os registros criminais”.

Esse intercâmbio vem no momento em que a segurança municipal inicia uma nova fase como armamento da Guarda Municipal, e com a ampliação das câmeras de monitoramento do CCC.

Fotos – Altemar Alcântara / Semcom

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem