Prefeitura de Manaus irá coordenar ações de redução de acidentes no Norte do país em agenda do Ministério da Infraestrutura

Redução de sinistros de trânsito e estratégias para a conscientização de condutores, foram alguns dos temas abordados na primeira reunião das Câmaras Temáticas da Agência Nacional de Transportes Terrestres, autarquia vinculada ao Ministério da Infraestrutura.


A reunião ocorreu nesta segunda-feira, 27/6, em que ficou definido que os representantes da Prefeitura de Manaus irão coordenar as estratégias e ações para reduzir danos e acidentes de trânsito em todos os Estados do Norte do Brasil.

Outra agenda do encontro acontecerá nesta terça-feira, 28. O representante do IMMU na Câmara de Engenharia de Tráfego e Sinalização de Trânsito, o analista de tráfego Alcy de Oliveira da Silva, explicou que na primeira reunião foi realizada a posse dos novos membros.

“Quanto à temática principal, foi abordada a importância do Pnatrans (Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito), que deve ser difundido em todo o Brasil. O objetivo principal é zerar as mortes de trânsito no país. Não é admissível que tenhamos um grande número de perda em vidas. É importante que as ações não fiquem centralizadas no governo federal, mas também nos Estados e municípios, fazendo uma interligação entre os demais órgãos responsáveis e atividades para atingir o objetivo de zerar as mortes no trânsito”, frisou.

Para o representante na Câmara Temática de Gestão e Coordenação do Pnatrans (CTPNAT), Antônio Costa Neto, a seleção demonstra a capacidade técnica dos servidores do IMMU.

“Os funcionários têm recebido diversos investimentos intelectuais oferecidos pela Prefeitura de Manaus, que aprimoram os conhecimentos técnicos. A seleção dos representantes foi realizada pela Senatran (Secretaria Nacional de Trânsito), órgão nacional de trânsito, onde vários funcionários do instituto compõem as Câmaras Temáticas, que discutem em nível nacional todos os problemas que, regionalmente sentimos, e em que o governo federal precisa investir com recursos para salvar vidas no trânsito”, destacou Costa Neto.

Maria Minuza da Fonseca de Lira, representante de Manaus na Câmara Temática de Gestão e Coordenação do Pnatrans (CTPNAT), revelou que os membros da câmara irão coordenar os grupos de trabalhos regionais.

“Com o Pnatrans será possível fazer monitoramento e avaliação a partir dos registros de acidentes de trânsito, para que não seja aceitável mais nenhuma morte no trânsito. O Pnatrans tem ações voltadas para segurança viária, atendimento a vítimas, entre outros. Haverá um conjunto de ações em todas as Câmaras Temáticas que irão convergir para a avaliação no plano. Na abertura de hoje, foi informado que os representantes de Manaus irão coordenar os grupos de trabalho das Câmaras Temáticas regionais”, destacou.

No início deste mês, seis funcionários do IMMU foram selecionados para compor três Câmaras Temáticas que discutem, em âmbito nacional, as estratégias para a implantação de melhorias nas áreas de educação e engenharia de trânsito, além de fazerem parte da Câmara Temática de Gestão e Coordenação do Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (Pnatrans).

A publicação do Diário Oficial do União (DOU) do último dia 8 (quarta-feira), traz os nomes dos servidores do IMMU, Uarodi Pereira Guedes e Alcy de Oliveira da Silva, para a Câmara Temática de (CTET); Maria Minuza e Antônio Dias, para a Câmara Temática de Gestão e Coordenação do Pnatrans (CTPNAT); além de Hanara Carvalho de Souza e Pedro Miranda Dias, para a Câmara Temática de Educação para o Trânsito (CTEDUC).

Fotos - Sidney Mendonça / IMMU

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem