Prefeitura promove 9ª ‘Plenária Itinerante de Educação’

Com o tema “Estrutura e funcionamento dos Centros Integrados Municipais de Educação (Cimes): inovação e desafios”, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizou nesta quinta-feira, 9/6, a 9ª Plenária Itinerante do Conselho Municipal de Educação (CME).


O evento aconteceu no auditório do Cime Lúcia Melo Ferreira de Almeida, localizado no bairro Novo Aleixo, zona Norte.

A ação tem o objetivo de mostrar à população a importância das instituições de educação infantil, bem como refletir sobre sua atuação e competência. A Semed possui cinco Cimes, sendo um de educação integral e atende mais de 6 mil alunos da educação infantil ao ensino fundamental, do 1º ao 9º ano.

O diretor do Departamento de Gestão Educacional (Dege), da Semed, Evaldo Bezerra, representou a secretária municipal de Educação, professora Dulce Almeida, e destacou as ações desenvolvidas pelos Cimes. “Os Cimes foram construídos de uma forma inovadora com ambientes e estruturas que realmente atendam da melhor forma possível os nossos alunos, com salas de aulas, laboratórios, quadras poliesportivas, bibliotecas, auditório, ou seja, esses espaços modernos e criativos beneficiam a aprendizagem dos alunos”, destacou Evaldo.

O CME é um órgão colegiado representativo da comunidade, integrante do Sistema Municipal de Ensino, vinculado à Semed e subordinado ao chefe do poder Executivo municipal, com funções consultiva, fiscalizadora, deliberativa e mobilizadora. “Estamos aqui para verificar na prática a execução da proposta pedagógica que foi encaminhada ao conselho sobre o funcionamento dos Cimes, e quais são os resultados palpáveis dessa operacionalização”, disse o presidente do CME, Tiago Lima e Silva.

Durante a plenária, foi apresentado vídeo institucional com apresentação da estrutura, assim como a entrega do alvará de funcionamento dos Cimes.

Cime

Os Cimes desenvolvem, na prática, os conceitos básicos da educação transformadora, pensando no século 21. Todos os Centros atendem duas modalidades de ensino, educação infantil e ensino fundamental, de forma integrada em um só espaço físico, que contém sala de música, biblioteca integrada à sala de informática, vestiários masculino e feminino, brinquedoteca, 12 salas de aula em cada um dos prédios, jardins e espaços compartilhados, como a quadra de esporte coberta e o auditório.

Para o diretor do Cime Dra. Viviane Estrela Marques Rodella, Anderson Rodrigues, a construção das unidades de ensino aconteceu exatamente para atender crianças que moram na periferia e que não teriam condições de estudar em escola arrojada e com ensino de qualidade.

“Nós atendemos mais de mil alunos que moram no Lago Azul, crianças que não teriam condições de estudar em uma escola tão bem planejada, como os Cimes, o que a prefeitura proporciona. Nesses espaços trabalhamos diversas estratégias para que os alunos possam ter a educação não somente cognitiva, mas afetiva, motora e todos os aspectos que complementam a dimensão do sujeito como um todo”, explicou Anderson.

Fotos - Eliton Santos/ Semed

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem