Projeto que auxilia idosos é campeão da 2ª edição do ‘Inovathon’

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), em parceria com o Instituto de Desenvolvimento, Turismo, Cultura, Esporte e Meio Ambiente (IDT-Cema), encerrou na noite deste domingo, 5/6, as atividades da 2ª edição da maratona “Competição de Ideias Inovathon”, após 40 horas de duração.


O evento foi realizado no Casarão da Inovação Cassina, no Centro Histórico de Manaus.

No terceiro dia de maratona, foi feito o “pitch” (apresentação de projeto) dos grupos, para quatro jurados locais e nacionais, que são referência em empreendedorismo e inovação. Entre os critérios de avaliação, foram levados em conta a validação do problema, proposta de solução e plano de negócios. Cada equipe foi avaliada de 10 a zero. No total, três grupos foram selecionados como vencedores.

O secretário da Semtepi, Radyr Júnior, acompanhou as atividades e afirmou que a Prefeitura de Manaus está aberta para incentivar os projetos e colaborar com a criação de novas startups, que fortalecem o ecossistema de inovação. Segundo ele, estão sendo elaboradas ações, a fim de apoiar e incubar ideias iniciais e em desenvolvimento.

“Nossa especialidade é criar oportunidades. Que o que esse grupo pensou hoje seja uma mola para que se possa empregar dentro da atividade de cada um de vocês. Nós temos um ambiente incentivado para consolidar startups no mercado. E vamos crescer ainda mais, criando incubadoras e HUBs de inovação na nossa cidade”, afirmou Radyr.

Nesta edição, 40 participantes formaram oito equipes para apresentações, mentoreadas por 14 especialistas locais e nacionais, referência nas áreas de inovação, mercado digital e elaboração de projetos. Toda a dinâmica foi direcionada pela equipe do IDT-Cema, que realizou palestras e mentorias ao longo do evento.

“Foram três dias muito intensos por aqui. As equipes mudaram de projetos, quase desistiram, mas no final conseguiram superar todos os medos e garantir um lugar ao pódio. Esse “Inovathon” foi muito exitoso em termos de ideias, vimos aqui projetos em potencial crescimento e pessoas dispostas a seguir em frente”, destacou Daniel Takaki, diretor do IDT-Cema.

Projetos vencedores

Os três ganhadores foram anunciados no final do evento. O primeiro lugar foi para a equipe “Para idosos”, que desenvolveu um aplicativo para conectar idosos e cuidadores. Além de dispor de outros serviços como contatos de farmácia, transporte, entre outros.

“Os idosos têm uma grande necessidade de encontrar cuidador, então a gente veio para criar uma plataforma, onde os familiares possam acessar e encontrar o nosso serviço. Lá, o idoso vai encontrar cuidadores, enfermeiros, além de outros serviços como localização e contatos de farmácias, guia de transporte público e privado, e muito mais”, explicou a integrante da equipe, Milena Alves.

Em segundo lugar, a equipe “Trilha do Aprendiz” desenvolveu um aplicativo para unir empresas e jovens em busca do primeiro emprego. A ideia é criar conexões e oportunidades para os estudantes de Manaus.

Já o terceiro lugar foi para a equipe “Revita Centro”, que focou na revitalização dos prédios históricos de Manaus. A ideia é identificar casarões antigos e abandonados, na zona Sul da capital, e buscar investidores para revitalizar os espaços.

Fotos – João Viana/Semcom

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem