​Seminário sobre gestão de resíduos sólidos terá transmissão ao vivo pelas redes sociais do TCE-AM

Promovido pelo Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), por meio da Escola de Contas Públicas (ECP), o seminário ‘Gestão Pública de Resíduos Sólidos: Desafios e Oportunidades’ terá transmissão ao vivo e gratuita, das 8h às 12h30 (horário de Manaus), pelas redes sociais oficiais da Corte de Contas amazonense, como Facebook e YouTube.


O evento acontece nesta segunda-feira (6), no auditório da casa.

Assista aqui: https://youtu.be/JlDhryIZQgs

Reconhecida como ‘Tribunal Verde’, a Corte de Contas amazonense realiza o seminário em alusão à Semana Nacional do Meio Ambiente, celebrada entre os dias 1 a 5 de junho, com objetivo principal conscientizar a sociedade sobre a importância da preservação do ecossistema.

Conforme o presidente do Tribunal, conselheiro Érico Desterro, é importante fomentar discussões do campo ambiental nas instituições públicas e viabilizar eventos sobre o tema na sociedade.

“Proporcionar a promoção da temática para os cidadãos possibilita a conscientização e sensibilização da sociedade quanto ao meio ambiente. É de extrema importância estimular debates sobre sustentabilidade nos órgãos públicos tendo em vista ações sustentáveis dentro e fora das instituições”, destacou o conselheiro-presidente do TCE-AM, Érico Desterro.

Para o coordenador de ações ambientais do TCE-AM, conselheiro Júlio Pinheiro, o seminário visa, entre outros, discutir como a gestão pública dos recursos sólidos pode abrir um leque de possibilidades para a sociedade.

“A preservação do bioma passa, também, por uma política pública de gestão de resíduos sólidos para reaproveitarmos o que for possível e descartarmos, de forma consciente e sustentável, o que não puder ser aproveitado. Discutiremos os desafios e as oportunidades para mostrar que há um vasto cenário que pode ser aproveitado por esta e pelas próximas gerações”, afirmou o conselheiro Júlio Pinheiro.

O professor doutor Fábio Feldman, conhecido pela autoria da lei que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos, junto aos professores doutores das universidades públicas do Amazonas, como Antônio Mesquita, Valdete dos Santos, Henrique Pereira, Carlos Freitas e Rodrigo Couto, serão os palestrantes do evento.

De acordo com o coordenador-geral da Escola de Contas, conselheiro Mario de Mello, o seminário tem a finalidade de compartilhar conhecimentos a partir de especialistas no tema a fim de tornar o assunto mais acessível ao público geral.

“Almejamos que esse seminário esclareça e introduza o público ao tema e torne o conteúdo mais abordável através das percepções dos palestrantes, objetivando gerar uma educação ambiental para que as pessoas se tornem mais conscientes sobre a sustentabilidade e criem atitudes de preservação.”, disse o conselheiro Mario de Mello.

Com a intenção de qualificar os mais diversos públicos sobre como os órgãos públicos devem proceder em relação aos resíduos sólidos, o seminário abordará tópicos como gestão dos resíduos sólidos no panorama nacional após a nova lei de saneamento básico, a perspectiva futura dos resíduos sólidos no Amazonas, desafios e oportunidades da nova lei de saneamento para os municípios do estado e apresentação do comitê de sustentabilidade e meio ambiente do IRB.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem