TCE-AM

Wilson Lima teme ser vaiado em Parintins após ser hostilizado em evento em Manaus

Em Parintins, prefeito apoia Eduardo Braga e, recentemente, Wilson Lima demitiu Abdias Cabucão por perseguição política


O governador Wilson Lima (União Brasil) teme ser hostilizado no Festival de Parintins. Wilson vem sendo vaiado em eventos públicos e recebido com gritos de “Fora Wilson Lima” e até mesmo de “genocida”, como aconteceu no Teatro Amazonas, em Manaus. 

Em Parintins, onde uma multidão se reúne para participar do Festival, a possibilidade de vaias é real, principalmente após Wilson Lima ter demitido o apresentador do festival, o humorista Abdias Cabucão, e da tentativa de afastar o apresentador do Garantido, Israel Paulain, por apoiar Amazonino Mendes.

Por isso, os organizadores do Festival foram orientados a não anunciarem o nome de Wilson Lima. Wilson só vai aparecer em camarotes e em lugares em que o Estado tenha controle e que os convidados sejam correligionários.

Parintins é considerado um território de risco, uma vez que o prefeito, Bi Garcia, decidiu apoiar o pré-candidato Eduardo Braga, do MDB. Em pesquisa divulgada recentemente, Wilson fica atrás de Eduardo em Parintins, o que aumenta os receios de vaias durante o Festival.

No sábado, Wilson foi mais uma vez recebido com gritos de “Fora Wilson Lima” em evento com participação do presidente Jair Bolsonaro. Os bolsonaristas não engolem Wilson Lima, que é réu em processo que tramita no Superior Tribunal de Justiça (STJ) sob acusação de chefiar uma organização criminosa que desviou recursos da saúde pública.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem