Mesa Brasil entrega mais de 1 tonelada de alimentos arrecadados na Festa Junina do Sesc AM

No total, 1 tonelada e 300 quilos de alimentos foram arrecadados no ingresso solidário do circuito de Festas Juninas do Sesc Amazonas.


As doações tiveram como destino sete entidades sociais, cadastradas no programa Mesa Brasil, que trabalham com famílias em situação de vulnerabilidade social, em Manaus.

As campanhas sociais realizadas em prol do programa Mesa Brasil têm beneficiado milhares de famílias, como explica a Gerente de Programas Sociais do Sesc AM, Andreza Litaiff. “Atualmente temos 265 entidades sociais cadastradas no nosso programa. São organizações, em Manaus e no interior do estado, que atendem famílias em situação de risco. Com as parcerias que temos firmado, inclusive com a adesão dos ingressos sociais para a entrada em eventos, conseguimos doar um total de 177 toneladas de alimentos, somente neste primeiro semestre do ano”, explica.

Entre os principais doadores estão a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a Secretaria de Produção Rural (Sepror), a Rede Carrefour, o Atacadão Supermercados, o Fundo de Promoção Social (FPS), entre outros.

Nesta terça-feira (05/07), a doação de 1,3 tonelada de alimentos foi destinada para as seguintes instituições: Abrigo Moacyr Alves, Abrigo Monte Salém, Associação Mãos Amigas Fortalecendo a Família (Amaff), Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae/Manaus), Casa do Idoso São Vicente de Paulo, Casa do Migrante Jacamim e Casa Vhida.

Para Silvana Barroso, gestora da Casa do Migrante Jacamim, o programa Mesa Brasil tem sido um grande parceiro desde 2015. “Não só com alimentação, mas também com outras doações que são de grande importância e necessidade para os acolhidos. Hoje, estamos recebendo aproximadamente 100 quilos de alimentos que irão favorecer as famílias que vieram do interior para tratamento de saúde e outras que estão em situação de rua, para que tenham mais segurança alimentar e melhor qualidade de vida”, explica.

“É muito importante quando a gente recebe uma doação como essa para atender as nossas famílias. O que a gente recebe, a gente divide e esse pouco que a gente divide, supre as necessidades das famílias”, comenta a presidente da Amaff, Cleonice Feitosa.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem