Prefeitura divulga resultados da 1ª Avaliação de Desempenho do Estudante em Manaus para alinhar ações de melhorias

A Prefeitura de Manaus apresentou os resultados da 1ª Avaliação de Desempenho do Estudante (ADE) de 2022, nesta segunda-feira, 25/7, no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), no conjunto Vila Amazonas.


Mais de 130 mil estudantes da rede municipal de ensino realizaram a prova que foi aplicada no início de junho.

A avaliação de larga escala interna, criada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), tem a finalidade de verificar o nível de aprendizagem dos alunos dos anos iniciais e finais do ensino fundamental.

O diretor do Departamento Geral dos Distritos (DEGD), Evaldo Bezerra, destacou que o objetivo da apresentação é propor uma reflexão sobre os resultados constatados e, com isso, criar estratégias pedagógicas para melhorar os índices do ensino do município e, assim, fazer com que a meta determinada pelo prefeito David Almeida e pela secretária da Semed, professora Dulce Almeida, de colocar Manaus em 1º lugar a nível nacional na área da educação, tenha êxito.

“O objetivo da análise de hoje é fazer com que cada gestor, cada gerente, cada assessor e professor possam analisar os seus resultados e, a partir dessa análise, ver quais são as habilidades que ainda precisam ser superadas e melhoradas, e focá-las, pois queremos fazer com que Manaus, conforme o desejo do nosso prefeito David Almeida e da nossa secretária Dulce Almeida, esteja no topo das capitais com a melhor educação do Brasil”, frisou.

A ADE é uma ação interna nos moldes do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), prova nacional que compõe a nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). A iniciativa é coordenada pela Divisão de Avaliação e Monitoramento (DAM), da Semed, e busca avaliar as habilidades e competências desenvolvidas pelos estudantes nos componentes curriculares de língua portuguesa e matemática.

De acordo com o chefe da DAM, Leandro Anjos, os dados colhidos na 1º prova da ADE serão fundamentais para a secretaria fazer um plano de intervenção no que se refere aos pontos identificados com a avaliação.

“É com base nessa informação científica de como está o desempenho dos nossos alunos que a nossa secretaria irá construir um plano de intervenção para trabalhar os pontos que não foram tão bons e, com isso, melhorarmos o aprendizado dos nossos alunos”, explicou.

Na Divisão Distrital Zonal (DDZ) Norte, a prova foi realizada em cerca de 50 escolas e a aplicação da prova não teve nenhum problema, segundo o coordenador dos Anos Finais da divisão, Edilberto Moura.

“Na Divisão Norte, a prova foi muito tranquila, não houve nenhuma manifestação negativa por parte dos alunos e nem dos professores, ou seja, tudo ocorreu dentro da normalidade”, completa Edilberto.

Provas de 2022

Para tornar a prova mais acessível em 2022, a Semed implementou métodos de aplicação de provas específicas para alunos com deficiência do município. Para os deficientes visuais, as provas foram em Braille, enquanto os auditivos que sabem Libras tiveram tradutores e intérpretes da linguagem.

Os estudantes, que são deficientes visuais e não sabem Braille, tiveram leitores e transcritores, assim como os deficientes físicos impossibilitados de escrever com as mãos, pés ou boca. Já os alunos com baixa visão tiveram suas provas ampliadas.

A prova foi aplicada aos alunos do 2º ao 9º ano do ensino fundamental. A próxima avaliação da ADE de 2022 está programada para os dias 5 e 6 de outubro.

Fotos - Eliton Santos / Semed

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem