Prefeitura promove exposição com trabalhos de dois educadores da rede municipal no Manaura Shopping

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), abriu ao público, nesta quinta-feira, 7/7, a exposição “Amazônia contemplada entre linhas e formas”, que traz trabalhos dos artistas e professores da rede municipal de ensino, Vera Carla Souza de Menezes e Alcemar da Silva Falcão.


Ela ficará aberta de segunda a sexta-feira, das 10h às 22h, até o próximo dia 26/7, no 3º piso do Manauara Shopping, na zona Centro-Sul.

A exposição apresenta as atividades desenvolvidas nas disciplinas de arte e ensino religioso, no ano de 2022, na Escola Municipal Paulo Freire, além de obras de estudantes da Escola Municipal São Sebastião II, que consistem em desenhos, pinturas, colagens, mosaicos e fotografias, cuja construção foi norteada pelas temáticas meio ambiente, natureza e cultura.

A exposição também oportuniza que o público aprecie uma coleção de arte sobre a fauna amazônica, construída a partir de uma técnica muito particular, baseada no reaproveitamento de discos de vinil.

A coordenadora-geral das Ocas do Conhecimento, Erica Amorim, destaca que a exposição faz parte do trabalho interdisciplinar feito com alunos do município e que está atrelada aos parâmetros da nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

“É importante trazer o trabalho dos nossos alunos, porque os professores desenvolvem essas atividades belíssimas fazendo reaproveitamento de resíduos, materiais que poderiam ser descartados de maneira incorreta no meio ambiente, mas estão virando arte. E com isso, também, a Semed está conseguindo contemplar o que a BNCC traz, que é trabalhar com o aluno de maneira integral, trabalhar suas habilidades, suas competências, o artístico e, principalmente, a conscientização ambiental”, explicou Érica.

O professor Alcemar é ilustrador, autor literário e artista plástico, desenvolvendo artesanato por meio de uma grande variedade de materiais, como papel, madeira, papelão, isopor e plástico, dentre outros. Para ele, que também é coordenador do Centro de Tecnologia (CTE) da Escola Municipal Glecy Sena Abrantes, a exposição é um momento único na sua vida como artista plástico.

“Estou vivendo um momento único na minha vida profissional e sentindo uma gratidão muito grande por poder demonstrar um pouco do meu trabalho como artista plástico nesta exposição”, relatou.

A professora Vera, educadora nas Escolas Paulo Freire e São Sebastião, além de artista visual, tem participado de diversas exposições coletivas, apresentando fotografias, pinturas com temáticas da cultura amazônica e arte abstrata. Para ela mostrar o trabalho dos seus alunos nesta exposição é a consagração da sua prática pedagógica e como artista visual.

“Eu estou muito feliz por esse momento. E vejo como um momento de consagração do meu trabalho, feito com meus alunos em sala de aula, e como profissional de artes visuais”, acrescenta a educadora.

Na exposição, há mais de 70 trabalhos que têm como foco a região amazônica e o cuidado com o meio ambiente. Para Heloise Melo, estudante do 8º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Paulo Freire, a temática da exposição coloca a Amazônia em destaque.

“Adorei todas as peças da exposição, porque percebi que elas conseguem falar da Amazônia de uma forma interessante e que chama a atenção”, disse a aluna.

Fotos - Eliton Santos / Semed

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem