Projeto ‘O Primeiro Emprego a gente nunca esquece’ contempla mais uma escola da prefeitura

Alunos da escola municipal Leonardo da Vinci, localizada no bairro Nova Esperança, zona Oeste, serão beneficiados com o projeto “O Primeiro Emprego a gente nunca esquece”, iniciado na rede municipal de ensino, da Prefeitura de Manaus, no primeiro semestre de 2022.


O lançamento oficial da ação aconteceu na tarde desta sexta-feira, 8/7, em uma solenidade realizada no auditório da escola.

O projeto é desenvolvido por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e tem como objetivo estimular as competências dos alunos do 9º ano para a empregabilidade e o empreendedorismo.

Ao final da capacitação, os estudantes receberão certificados e serão indicados a vagas de emprego. As atividades iniciam neste sábado, 9.

Os alunos receberão capacitação sobre empreendedorismo, treinamento comportamental durante uma entrevista de emprego, aprenderão como criar um currículo, além de outras orientações voltadas para a inserção no mercado de trabalho.

“O objetivo maior desse projeto é levar aos jovens e adolescentes que têm interesse em sua inserção no mercado de trabalho o conhecimento sobre as informações necessárias, para que eles estejam de fato mais qualificados para isso. Os alunos daqui terão quatro encontros que iniciam a partir deste sábado, de 8h às 12h, onde terão acesso a inúmeras informações por meio de oficinas, workshops e em discussões de temáticas”, destacou o coordenador de Projetos do IEL, Almir Pereira.

A parceria entre a Semed e o instituto foi realizada por meio do Núcleo de Parcerias Institucionais (Nupi), da secretaria. O projeto começou em maio deste ano na escola municipal Antônia Pereira, localizada no bairro Santa Etelvina, zona Norte e hoje já beneficia 300 estudantes da rede municipal de ensino, contando com cem alunos da escola municipal Leonardo da Vinci.

Conforme Ricardo Simões, que faz parte da coordenação do Nupi, pelo menos mais uma escola será beneficiada com a ação.

“Com essa escola já beneficiamos 300 alunos e pelo menos nesse primeiro momento pretendemos contemplar mais uma unidade na zona Leste da cidade. Com isso, pretendemos atingir três unidades de ensino até o fim de 2022, sendo uma na zona Norte, uma na zona Oeste, e outra na zona Leste, respectivamente, beneficiando nesse primeiro ciclo do projeto, em torno de 400 alunos do 8º e 9º ano”, informou Ricardo.

Na escola municipal Leonardo da Vinci serão beneficiados cem alunos do 8º e 9º ano do ensino fundamental, com idade entre 14 e 18 anos. O treinamento será dividido em quatro encontros.

Uma das alunas contempladas é a estudante Jamili Vieira Fitzpatrick, de 14 anos, do 9º ano do ensino fundamental. Para ela, que já se encontra na expectativa das informações, o treinamento será uma novidade. “É a primeira vez que vou ter oportunidade de aprender sobre esses assuntos, então estou com uma expectativa muito grande e ansiosa por esse treinamento”, completou.

Fotos - Thaís Araújo/ Semed

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem