Turismo comemora leis Aldir Blanc 2 e Paulo Gustavo

O Congresso Nacional derrubou os vetos presidenciais às leis Aldir Blanc 2 e Paulo Gustavo, que preveem repasses financeiros ao setor cultural.


Com isso, quase R$ 7 bilhões foram garantidos ao setor, iniciativa que também refletirá no turismo brasileiro.

“O turismo celebra o “sinal verde” para a cultura ter acesso aos recursos previstos nas leis, pois com a cultura aquecida, o turismo de eventos também tende a avançar. Shows, peças teatrais, exposições, festivais e tantos outros projetos poderão sair do papel, o que atrai a atenção de turistas nacionais e internacionais”, pontuou o empresário do ramo turístico, Orsine Junior.

De acordo com o executivo, a cultura e o turismo de eventos andam de mãos dadas. Ele ressalta que os dois setores ainda tentam contornar os prejuízos causados pela pandemia, portanto, todo incentivo, investimento e apoio aos segmentos merece ser comemorado, mesmo diante da negligência de parte do Poder Público e de tantos questionamentos infundados às leis Aldir Blanc 2 e Paulo Gustavo.

“Não se pode negligenciar a cultura, que responde por mais de quatro milhões de postos de trabalho, movimenta a economia e tem papel fundamental no desenvolvimento social do nosso país. Não entendo como governantes tentam vetar leis voltadas ao fomento de atividades culturais, que promovem a identidade do nosso país e vão muito além do entretenimento”, lamentou Orsine Junior.

O empresário acrescenta ainda que todo projeto beneficiado pelas leis precisa prestar contas da aplicação do recurso e, por isso, considera infundadas as críticas contra Aldir Blanc 2 e Paulo Gustavo.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem