VÍDEO: Veja flagrante de briga entre motoristas que saíram na porrada no trânsito de Manaus

DA REDAÇÃO BLITZ AMAZÔNICO

As brigas de trânsito estão se tornando cada vez mais comuns em Manaus. Além dos prejuízos materiais que pesam no bolso dos motoristas, após as colisões, as discussões estão cada vez mais acaloradas e os flagrantes de brigões em via pública refletem os tempos críticos vividos nos grandes centros urbanos.


Para comprovar essa triste realidade, dois motoristas saíram literalmente na “porrada”, na tarde desta terça-feira (05), na Avenida Professor Marciano Armond, no bairro Cachoeirinha, esquina da Fundação Alfredo da Matta (Fuam) e Hospital Adriano Jorge, na Avenida Carvalho Leal.

Testemunhas que passavam pelo local registraram o exato momento que um motorista da empresa líder transporte troca socos com um motoqueiro em plena via pública. Nas imagens não é possível determinar o real motivo que levou a mais uma cena de violência na capital Manauara.

Não demorou muito para o caso repercutir nos grupos de WhatsApp e os usuários começarem a especular o que teria motivado o fight Baré.

“Esse aí levou chifre e tá descontando nos outros”, disparou um internauta.

Outro usuário replicou: “Motoqueiro é gaiato sempre anda em alta velocidade e não respeitam ninguém”, disparou.

“Será que o motorista ou motoqueiro saíram de casa estressado?”, perguntou outro.

A realidade é que a violência está em todos os lugares, por todos os lados é uma expressão de ódio. Ninguém tem mais paciência, acabou o amor, acabou o diálogo. O que explicar tanta agressividade? Seria o stress do dia a dia? A correria?

O que está acontecendo com ser humano do novo século? As pessoas não dialogam mais. As redes sociais têm roubado praticamente 100% das pessoas. Não se vê mais pessoas conversando como antes. Tudo é através das redes sociais. Será que esse novo modelo de vida reflete na falta de amor e atenção com o outro?

Onde está a sensibilidade com semelhante, por onde anda a empatia? Coração do homem é terra que ninguém. Seria esse motivo dessa solidão tão cruel e amarga?


Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem