Alimentação do futuro: ‘Impressão 3D de Alimentos’ é tema de Live do Sebrae

Discute os aspectos da tecnologia que é tendência para o futuro








Imprimir a própria refeição já é possível. E essa tecnologia abre portas para novos modelos de negócios. Os processos e oportunidades para o mercado de automação industrial serão debatidos na Live ‘Impressão 3D de Alimentos – O Futuro Chegou’, que acontece nesta quarta-feira, 3/8, às 16h, no canal do Sebraelab no youtube, através do link https://youtu.be/UhHyZqR0CYQ. O evento é uma iniciativa do Sebrae Amazonas.

Parece coisa de cinema, mas a impressão de alimentos é realidade, por exemplo, para tripulações em missão espacial. Trata-se de uma vertente da indústria 4.0, que diz respeito a etapa de automação industrial com integração de diferentes tecnologias como inteligência artificial, robótica e computação em nuvem para maior agilidade e produtividade. A tecnologia vem sendo manuseada desde a década de 1990.

Já na impressão alimentícia, que passou a ser experimentada em 2010, as refeições são criadas por sucessivas camadas de material comestível adicionado em formato pastoso à impressora. Diante da possibilidade, as iniciativas podem atender diferentes necessidades, personalizadas de acordo com as restrições físicas.

O curador do Laboratório de Inovação Sebraelab e palestrante, Denys Cruz, avalia que o mercado tem grande potencial. “A ideia é repassarmos o cenário da impressão 3D de alimentos para os empresários locais e fazer com que conheçam mais sobre a tecnologia, além de ilustrar como podem utilizar no dia a dia de seus empreendimentos”, pontuou Denys.

Ele ressaltou que as projeções para essa esfera tecnológica são promissoras. “Esse mercado segue em uma tendência muito forte de automação e personalização, aspectos do presente e que nos encontrarão em um futuro muito próximo, por isso é importante que os empreendedores do ramo estejam atentos”, destacou.




Cenário

Um estudo feito pelo Fórum Econômico Mundial 2020 revelou que até este ano, 41% das organizações mundiais pretendem investir na tecnologia e no Brasil o percentual é ainda maior, 49% dos empreendimentos. No mercado brasileiro a impressão 3D de alimentos está ganhando destaque gradualmente, com um crescimento anual de 24,1%.

A nível estadual, o cenário ainda é tímido para a impressão 3d popularizada. Ao se falar de impressão alimentícia, porém, alguns empreendimentos em Manaus já utilizam a tecnologia para impressões de itens a partir do chocolate.




Estrutura

Para fomentar e tornar acessível a utilização do recurso tecnológico, o SebraeLab Amazonas dispõe de uma impressora 3D livre para utilização para fins acadêmicos e trabalhos eventuais, além da disponibilização de treinamentos e orientações acerca da metodologia tecnológica de forma gratuita, mediante agendamento prévio.

Mais informações e agendamentos através do número telefônico (92) 99507-7810, que também atende via WhatsApp.

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem