Luz misteriosa entrando no quarto onde Chico Xavier ficou internado completa 20 anos sem explicações

Duas décadas depois, um mistério continua a cerca da morte do médium Chico Xavier. Um vídeo gravado pelo repórter cinematográfico Emerson Gondim, mostra uma espécie de luz entrando pela janela do quarto do hospital Hélio Angotti, onde Xavier esteve internado, em Uberaba (MG). O médium faleceu em 30 de junho de 2002, na cidade do Triângulo Mineiro.








Nesta quinta-feira (30/06) quando completa 20 anos da morte de Chico, a discussão em torno das imagens ganhou destaque em vários jornais e redes sociais. Uma reportagem do G1 traz opiniões diferentes sobre a luz misteriosa.

Uma delas é do pesquisador da Universidade de São Paulo (USP), que descartou possível defeito na câmera, já que “houve uma trajetória retilínea”.

A comunidade espírita atribuiu o fato intrigante a espíritos muito evoluídos que se transformam e estariam ali para ajudar na recuperação de Chico Xavier. O médico que acompanhou a internação do médium segue na mesma linha e, coincidência ou não, logo após o caso ganhar destaque, o paciente mostrou melhora, conforme prontuário observado.

Chico Xavier se recuperou e viveu mais um ano até o falecimento, em Uberaba. Nesse período e sem uma explicação científica, ele fez uma revelação.

O líder espírita disse que os feixes de luz foram as visitas da mãe dele, Maria José, e do espírito Emmanuel, a quem atribuiu diversas psicografias. Ele ainda destacou, na ocasião, que os dois pediam para ter paciência.

Francisco Cândido Xavier, morreu em decorrência de uma parada cardiorrespiratória. Ao logo da trajetória, escreveu mais de 450 livros, com mais de 50 milhões de exemplares vendidos. Ele também tem mais de 10 mil cartas psicografadas, todas sem cobrar nada das pessoas que o procuravam.



Fonte: 1News

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem