Melhem se pronucia após Justiça arquivar queixa-crime de Calabresa

A Justiça de São Paulo arquivou a queixa-crime feita por Dani Calabresa contra Marcius Melhem. A humorista tentava impedir que Melhem divulgasse mensagens trocadas entre eles, antes da denúncia de assédio moral e sexual feita por ela e outras sete mulheres contra o ex-diretor da Globo.








Na decisão, o Tribunal de Justiça de São Paulo alegou que não pode impedir Melhem de se defender por meio da divulgação dos conteúdos. Segundo o colunista Ricardo Feltrin, do UOL, que divulgou várias das mensagens trocadas entre Melhem e Dani, não é possível recorrer da decisão.

À Folha de S.Paulo, a assessoria de Melhem afirmou que “a decisão da Justiça demonstra a lisura da conduta de Marcius Melhem ao se defender de acusações feitas pela advogada do grupo de oito denunciantes na imprensa, sem nenhuma investigação.

Não foi Marcius Melhem quem procurou primeiro a imprensa. A divulgação de mensagens, como bem entendeu a Justiça, apenas ocorreu após o amplo ataque que ele sofreu publicamente”, iniciou o comunicado.

“Marcius respeita a Justiça e o sigilo das investigações e irá sempre se defender de todas as formas legais para demonstrar a sua inocência diante das mentiras contadas. E sempre irá esclarecer a opinião pública quando alguma inverdade for dita a seu respeito”, concluiu.



Fonte: Metrópoles

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem