Prefeitura amplia atendimento a segurados do Manausmed com o credenciamento de novos prestadores de serviços

Segurados do Serviço de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos da Prefeitura de Manaus (Manausmed) terão mais opções de atendimentos com o credenciamento de três novos prestadores de serviço: a Clínica Clif, de fisioterapia; o laboratório de análises clínicas, Goolab; e o Hospital Santa Júlia, que inicialmente fará os atendimentos em pediatria. Juntos, os três contratos, que têm duração de 12 meses, somam um investimento de aproximadamente R$ 6,5 milhões, valor que pode ser ajustado para maior ou menor em função da demanda.


Segundo o titular da Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), Ebenezer Bezerra, órgão ao qual o Manausmed é vinculado, a ampliação da oferta de credenciados é uma orientação do prefeito David Almeida. “Assegurar o acesso dos servidores a serviços de saúde com qualidade e resolutividade é uma determinação do prefeito David Almeida, por entender que, além de cuidar da cidade, é preciso cuidar dos funcionários da gestão”, destacou.

O subsecretário César Marques explicou que o serviço precisou passar por um processo de reestruturação, porque no início da gestão o Manausmed estava inoperante e só havia um hospital de emergência e urgência que, no começo da segunda onda da pandemia da Covid-19, quebrou o contrato.

“O atendimento, a urgência e emergência eram escassos. Existiam cirurgias que estavam há dois, três anos, aguardando uma data para serem feitas. Atendíamos de forma precária. Atualmente, com a entrada do Santa Júlia, o Manausmed passa a contar com três hospitais, o que garante um melhor atendimento aos servidores municipais”, afirmou Marques.

César Marques informou ainda que o Manausmed tem, como conveniados, o Hospital Beneficente Portuguesa, que atende em consultas, cirurgias e tratamentos; e o Santo Alberto, na emergência adulta e infantil, além das grávidas, inclusive nos partos.

“É importante destacar que o trabalho de reestruturação resgatou a credibilidade do Manausmed, não só com o retorno de servidores que haviam se desligado, mas também de clínicas, laboratórios e outros hospitais, que nos procuram interessados em conveniar com o Manausmed”, pontuou o subsecretário.

No total, a Prefeitura de Manaus, a Câmara Municipal de Manaus (CMM) e pensionistas ligados à Manaus Previdência chega a 41 mil segurados, entre servidores ativos e inativos. Para ter acesso à assistência, o interessado deve realizar a inscrição no serviço, que é facultativa, e deve ser solicitada na sede do órgão, localizado na avenida Compensa, nº 770, no bairro Vila da Prata, zona Oeste.

Fotos - Thelson Souza / Semad

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem