Proposta de Roberto Cidade cria Carteira de Informação sobre o paciente diabético

Doença cada vez mais crescente no País, a diabetes causa implicações ao paciente que podem ser minimizadas com informação. Essa é a proposta do presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado estadual, Roberto Cidade (UB), com o Projeto de Lei que institui, no Estado do Amazonas, a Carteira de Informação do Paciente Diabético, que conterá detalhes sobre a doença, as medicações utilizadas e recomendações em caso de urgência e emergência.


Além do meio físico, a carteira deverá conter um QRCode para permitir maior acesso às informações do paciente.

“Informação é fundamental para que o paciente com diabetes tenha na mão as informações que irão subsidiar outras pessoas em caso de atendimentos de urgência ou emergência. Essa carteira é um cuidado a mais com o diabético. Infelizmente esse número de pacientes vem crescendo e somos conhecedores das implicações que um atendimento equivocado pode acarretar para a vida do paciente. Com essa carteira o paciente com diabetes ganha mais um aliado para a sua saúde e para a qualidade de vida”, falou.

Conforme o Projeto de Lei (PL), a Carteira de Informação do Paciente Diabético será fornecida pela Secretaria de Estado da Saúde do Estado do Amazonas (SES-AM) e nela constará o nome completo do paciente, nomes dos pais, número do RG, CPF, indicativo de DM1 (Diabetes Mellitus 1) ou DM2 (diabetes Mellitus 2) e informação em negrito com a frase: Paciente diabético, em caso de emergência informar esta condição ao médico atendente.

O Brasil é o quinto país em incidência de diabetes no mundo, com 16,8 milhões de doentes adultos (20 a 79 anos), perdendo apenas para China, Índia, Estados Unidos e Paquistão. A estimativa da incidência da doença em 2030 chega a 21,5 milhões. Somente no Estado do Amazonas, a doença aflige 5,4% da população, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Comentários

Obrigado por comentar aqui.

Postagem Anterior Próxima Postagem